Estrada União e Indústria e Serra Velha podem ser incluídas no plano de recuperação das rodovias estaduais

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A solicitação de inclusão das estradas estaduais foi uma iniciativa do Deputado Luiz Paulo

O Governo do Estado anunciou que irá recuperar 06 mil quilômetros da malha rodoviária fluminense. Os recursos que serão usados são fruto da economia realizada pelo DETRAN/RJ, que transferiu os valores para o DER/RJ, órgão responsável pelas rodovias estaduais. Pensando em Petrópolis, o deputado Luiz Paulo (PSDB) oficiou o DER para que aproveite a oportunidade e recupere os 14,50km da Estrada União e Indústria, que são de responsabilidade do Estado e os 25 km da Serra Velha da Estrela, RJ – 104.

O trecho da União de Indústria solicitado pelo deputado estadual Luiz Paulo é que faz a ligação entre os Distritos de Pedro do Rio e Posse. A via é de responsabilidade do Estado desde a edição do Decreto Estadual 41.856 do ano de 2009, quando o governo do Rio de Janeiro assumiu a via. Em 2009, a 2ª Vara Federal de Petrópolis confirmou, por sentença, a vigência do Decreto e determinou que o Estado fizesse a recuperação da Estrada União e Indústria entre Pedro do Rio e Posse.  Os 25 km entre o Retiro e Pedro do Rio ficaram sob a responsabilidade da União. As obras estão a cargo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que deverão ser iniciadas ainda este ano.

Os moradores dos distritos reclamam diariamente da situação da União e Indústria entre Pedro do Rio e a Posse. A via está completamente abandonada e precária, precisando da intervenção urgente do DER.

Já a Serra Velha da Estrela, RJ 104, é uma via histórica que não recebe manutenção do Estado, principalmente em Petrópolis, na ligação entre os bairros Meio da Serra e o Alto da Serra.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.