Philippe Lima

Estado e Caixa vão construir habitações no Alemão e em Teresópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

No total, 1.434 unidades vão atender às vítimas das chuvas de 2011

O governador Wilson Witzel anunciou, nesta sexta-feira (12/07), a construção de 1.434 unidades habitacionais no Estado do Rio de Janeiro, em parceria com a Caixa Econômica Federal. Serão 934 habitações no Complexo do Alemão, na capital fluminense, e 500 em Teresópolis, na Região Serrana. Os imóveis, que serão erguidos no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida, atenderão a famílias prejudicadas pelas chuvas de 2011. O início das obras aguarda a autorização do Ministério do Desenvolvimento Regional. As moradias serão construídas em terrenos do Governo do Estado.

O anúncio foi feito após encontro com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e outros dirigentes da instituição, no Palácio Guanabara.

– Tratamos de assuntos de diversos interesses do Estado do Rio de Janeiro, especialmente o início das obras de mais de 1.400 unidades habitacionais. Este é um passo importante para que possamos atender a essas famílias – ressaltou o governador.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, o banco investirá no Rio de Janeiro, este ano, um total de R$ 5 bilhões em diversos projetos.

– Já investimos R$ 1,2 bilhão e, neste segundo semestre, vamos investir o restante, em especial em habitação popular – disse Pedro Guimarães.

De acordo com a Secretaria de Estado das Cidades, as futuras unidades fazem parte do novo Programa Habitacional do Estado que está em fase final de elaboração. O Governo do Rio de Janeiro desapropriou uma série de terrenos, que serão utilizados para a construção de empreendimentos imobiliários voltados para a população com menor poder aquisitivo.

Crédito da foto: Philippe Lima

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.