Estado do RJ cria painel interativo de vagas de emprego segmentado por cidades e funções

Plataforma inovadora permite acesso às informações das oportunidades de trabalho divulgadas nas unidades Sine.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Governo do Estado criou o Painel Interativo de Vagas, um projeto inovador que vai disponibilizar a visualização das oportunidades de emprego divulgadas nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) segmentadas por regiões, municípios e funções. A plataforma ficará disponível no site da Secretaria de Trabalho e Renda (www.rj.gov.br/secretaria/trabalho) e será atualizada às terças-feiras de acordo com o Portal Mais Emprego, do Ministério da Economia. 

O Painel Interativo de Vagas vai facilitar a busca do cidadão, mostrando os requisitos de cada oportunidade, como o local de trabalho, faixa salarial e escolaridade exigida. Através do mapa, também será possível ter acesso aos endereços das unidades Sine do Estado do Rio de Janeiro. 

– O Painel Interativo de Vagas será fundamental para àqueles que buscam a inserção e reinserção no mercado de trabalho. É mais um projeto que ajuda na retomada da economia fluminense, no enfrentamento à pobreza e na geração de emprego e renda – disse o governador Cláudio Castro.

Depois de consultar as vagas disponíveis, o cidadão deve ir à uma unidade Sine com documentos de identificação civil, PIS, CPF, Carteira de Trabalho e comprovante de residência para realizar ou atualizar o cadastro. O sistema Sine faz uma análise comparativa do perfil profissional do candidato cadastrado com a vaga disponibilizada pela empresa contratante.

– Com o painel, o cidadão vai visualizar, com mais facilidade, as vagas próximas à sua residência, escolaridade exigida e faixa salarial – explicou o secretário de Trabalho e Renda, Léo Vieira.

Fonte: Governo do Estado do Rio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.