Reprodução

Estado do RJ cria mais de 19 mil vagas de emprego e mantém saldo positivo

O resultado é aproximadamente 30% maior, se comparado com o mesmo período do ano anterior.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Rio de Janeiro começou a gerar novos postos de trabalho depois de recuperar 100% dos empregos perdidos com a pandemia. É o que indica a análise dos dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa terça-feira (30) pelo Ministério do Trabalho e Previdência. Pelo nono mês consecutivo, o Estado do Rio apresenta saldo positivo na geração de empregos: 19.703 postos de trabalho com carteira assinada foram criados em outubro.

O resultado é aproximadamente 30% maior, se comparado com o mesmo período do ano anterior. Além da recuperação total dos empregos, os dados do Novo Caged apontam para a geração de mais de 1.500 vínculos empregatícios, indicando uma melhora crescente na empregabilidade do Estado. No acumulado de janeiro a outubro, o saldo do Rio de Janeiro é de 142.234 postos de trabalho.

Na análise do mês, entre os setores que mais criaram empregos destacaram-se Serviços (11.682) e Comércio (4.884), seguidos, respectivamente, pela Indústria, com 2.907 postos de trabalho, e Construção, com 1.003. Os indicadores mostram que o maior saldo de vagas foi preenchido por jovens entre 18 e 24 anos. Por grau de instrução, 78,5% dos postos foram ocupados por pessoas que possuem o Ensino Médio completo. A divisão por gênero continua equilibrada, com 52% dos homens e 48% das mulheres preenchendo as vagas.

Fonte: Governo do Estado do RJ

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.