Rogério Santana / Governo do Estado do RJ

Estado anuncia apoio ao Carnaval de rua do Rio de Janeiro

O Governo do Estado anunciou, nesta quinta-feira (13/02), o apoio ao Carnaval de rua do Rio de Janeiro 2020. Ao todo, o investimento é de R$ 9,2 milhões, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com a parceria da Ambev. O aporte financeiro vai custear a infraestrutura dos desfiles dos blocos carnavalescos e a inclusão de mais postos de atendimento médico e ambulâncias para atender os foliões.

– Os blocos de rua são integrantes da cultura e são do povo fluminense. E, por isso, se faz necessário o investimento público, porque o Estado não deixa de arrecadar, mas ganha com o retorno financeiro do turismo e da promoção do Rio de Janeiro – disse o governador Wilson Witzel.

Desde o início do ano, o Governo do Estado deu início às negociações para viabilizar o Carnaval de rua. Os encontros, capitaneados pela Subsecretaria de Grandes Eventos, da Casa Civil, e de Cultura, foram realizados com representantes do Fórum Carioca de Carnaval de Rua.

– O Estado abraça o Carnaval fluminense e, com este investimento, garante a estrutura da festa de rua deste ano. É fundamental este apoio logístico do poder público para a maior celebração do Rio de Janeiro. Vale lembrar que o Carnaval tem grande impacto na economia criativa porque não é só o folião quem ganha, mas também toda a cadeia produtiva, como costureiras e aderecistas – destacou a secretária de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros.

 

Expectativa de atrair 7 milhões de pessoas

Dados apontam que cerca de 7 milhões de pessoas devem aproveitar o Carnaval no Rio de Janeiro este ano. O diretor de marketing da Ambev, Pedro Araújo, falou sobre os números da parceria entre a administração pública e a iniciativa privada.

– Temos o objetivo de oferecer aos foliões uma estrutura cada vez melhor, além de uma experiência agradável. Estamos presentes não só na capital, mas também em cerca de 460 blocos em torno de 20 municípios do estado. Acreditamos na importância da cultura popular – falou Araújo.

Para dar mais celeridade aos processos de autorização e liberação aos grandes eventos, entres eles o Carnaval, o Governo do Estado criou um grupo de estudo para aperfeiçoar o marco regulatório, com o envolvimento dos principais atores que organizam e atuam nas festas.

– Só na cidade do Rio temos uma movimentação financeira que chega a R$ 3,9 bilhões. Ou seja, é dinheiro circulando, pessoas consumindo, bares e restaurantes vendendo, além de empregos gerados – concluiu o subsecretário de Grandes Eventos, Ruan Lira.

Fonte: Governo do Estado do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Rogério Santana / Governo do Estado do RJ

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também