Essa se chama “Reencontro”

Uma leitura para refletir, para apreciar e se apaixonar.

Queria que o meu eu do passado estivesse aqui
Será que ele ainda choraria?
Tantas juras sobre um amor
Que com o tempo passou

Todas as lágrimas derramadas em vão
Podia jurar que íamos casar
Gritava a todos que não era só ilusão
Mas aquilo que arrebenta o coração

Em qual dia acordamos e esquecemos um do outro
O que fizemos de tão mal
Onde erramos e ninguém percebeu
Sinto muito pelo que aconteceu

O reencontro é nossa despedida
O desfecho que não tivemos, podemos
O que não podemos é sentir o peito disparar
A mão suar, nos abraçar e tudo passar

Hoje o que sobra é só saudade
De uma época que tudo era intenso
No coração só cabia amor
Infelizmente, tudo isso passou

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também