Essa se chama “Reconciliação”

Uma leitura para refletir, para apreciar e se apaixonar.

Eu nem preciso te perguntar
Você não quer escutar
De onde é que vem essa indiferença
Não mereço essa sentença

Sou escravo de nossas memórias
Esperando nossa redenção
Uma última esperança
Anseio pela reconciliação

Nos seus olhos eu vejo caminho
Sua voz me conduz
Como a nascente ao mar
Com você eu aprendi o que é amar

Não me de as costas, vamos superar
Pago o preço que for
Só não me negue o amor
É tão difícil aguentar sem você flor

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também