Escola Municipalizada Santa Terezinha tem quadra poliesportiva revitalizada

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um Ato Cívico em comemoração à Independência do Brasil e a cerimônia de início das Olimpíadas marcaram a reinauguração da quadra poliesportiva da Escola Municipalizada Santa Terezinha, realizada nessa segunda-feira (16.09), no Vila Rica. A quadra recebeu pintura nova e toda parte elétrica foi revitalizada.

Essa é uma das unidades da rede municipal que recebeu melhorias nesse ano. Com muita responsabilidade estamos dando continuidade ao processo de melhoria nas escolas e Centros de Educação Infantil da rede municipal. São reformas que garantem conforto e segurança dos estudantes”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Além da pintura, revitalização da parte elétrica da quadra e de todo o prédio, a quadra recebeu lâmpadas especiais que garantem a iluminação à noite. “Estamos muito felizes. Foi uma revitalização necessária. A quadra ficou linda, os alunos estão encantados”, disse a diretora da Escola Municipalizada Santa Terezinha, Mauriaurea Branco Albuquerque.

Na Escola Municipalizada Santa Terezinha são atendidos 463 alunos, matriculados do 4 º período da educação infantil até o 9 º ano do ensino fundamental. “A quadra é muito utilizada pela comunidade escolar e por isso a revitalização foi essencial. Agradeço a equipe da escola pelo empenho e cuidado com o espaço”, explica a secretária de Educação, Márcia Palma.

Para marcar a reinauguração do espaço, a equipe da escola preparou um Ato Cívico, com direito a execução do Hino Nacional, pela Banda Marcial José Bonifácio e momento olímpico: os alunos desfilaram pela quadra com cartazes, mostraram danças e deram início às olimpíadas da escola com uma partida de futebol.

Desde 2017, revitalizações foram realizadas em 81 unidades escolares. Além disso, o poder público retomou duas obras que estavam paralisadas desde 2016: Escola São José do Caetitu – a obra foi retomada nesse ano com apoio da comunidade escolar e da Igreja: após a reforma, os alunos que, desde então estudam em Bonsucesso, poderão retornar à unidade. A revitalização compreende troca de telhado e rede elétrica. Outra obra que estava paralisada desde 2016, a da EM Jandira Bordignon, no Quitandinha, também foi retomada. Unidade terá 12 salas de aula e acessibilidade nos três andares, além de biblioteca e quadra poliesportiva.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.