Na última quarta-feira, além do Fluminense, três times representaram o futebol carioca na primeira rodada da Copa do Brasil, foram eles, Madureira e Nova Iguaçu pela boa campanha no último campeonato estadual e Boavista que ao vencer a Copa Rio, optou por disputar o certame nacional, deixando ao Americano de Campos, vice-campeão da competição e atualmente na Série B1, com a vaga na Série D do brasileirão.

Madureira

O tricolor suburbano jogou contra o São Paulo, por possuir um estádio com capacidade baixa, Conselheiro Galvão só tem lugar para pouco mais de 10.000 pagantes e está sem os laudos necessários para receber grandes jogos, com isso o clube mandou seu jogo no Estádio do Café em Londrina, interior do Paraná, fez uma partida equilibrada e foi derrotado por 1 a 0 pelo tricolor do Morumbi.

Nova Iguaçu

Único time emergente e carioca a jogar a primeira rodada em casa na Copa do Brasil, pois até o Fluminense jogou fora de seus domínios, só que na condição de visitante, o orgulho da baixada como é conhecido recebeu o Bragantino de São Paulo em seu estádio, o Laranjão no bairro da Posse em Nova Iugaçu, precisando vencer, pois o empate dava vantagem ao adversário que é melhor ranqueado na CBF, o time até saiu na frente, sofreu o gol de empate e ficou pelo caminho a exemplo de seus co-irmãos.

Boavista

O time era o único representante do interior do Rio de Janeiro, pois o Nova Iguaçu é da região metropolitana e o Madureira da zona norte da capital, numa atitude inusitada o verdão de Saquarema, região dos Lagos do Rio de Janeiro resolveu mandar um time misto, pois tem pela frente um jogo valendo vaga para a semifinal da Taça Guanabara, além disso por ter um estádio acanhado, o time não jogou no Elcyr Resende, mandando seu jogo para Cascavel, interior do Paraná, por lá recebeu o Internacional de Porto Alegre, saindo em desvantagem no placar e empatando no fim do jogo, como o time gaúcho é melhor ranqueado, acabou ficando com a vaga.