Foto: Divulgação/Governo do Estado do RJ

Equipes de Bombeiros de Santa Catarina chegam a Petrópolis para reforçar buscas

Militares e cães farejadores de oito estados já atuam no trabalho de resgate na cidade.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Equipes de oito estados – BA, CE, ES, GO, MA, MG, SC e SP – já estão em Petrópolis para atuar em conjunto com o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro nas buscas por vítimas das fortes chuvas no município. Trinta e seis cães farejadores também já fazem o trabalho para encontrar vítimas ainda desaparecidas. Cinco militares e três cães farejadores de Santa Catarina desembarcaram, na manhã deste sábado (19), no aeroporto Santos Dumont e foram transportados pela aeronave da Secretaria de Polícia Militar para a cidade da Região Serrana.

“É emocionante ver a mobilização dos estados ao enviar equipes para o Rio de Janeiro para nos auxiliar nas buscas em Petrópolis. Muito obrigado aos governadores, aos comandantes dos Corpos de Bombeiros brasileiros e, principalmente, agradeço aos bravos homens que estão se juntando a nós”, falou o governador Cláudio Castro.

Nos próximos dias, está prevista a chegada de mais homens e cães de outros oito estados (RS, TO, SE, PB, DF, MT, AL e PR). As equipes vão seguir para o município petropolitano para prosseguir com o trabalho de busca e salvamento juntamente com a corporação fluminense.

“Agradecemos o apoio da Ligabom (Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil), que, desde o primeiro dia, vem acompanhando a situação e nos dando todo suporte. O CBMERJ atua em Petrópolis com uma força-tarefa que conta com equipes especializadas em busca com cães, em operações de salvamento em desastres, e em resgate em estruturas colapsadas. São militares altamente capacitados, que trabalham de forma estratégica e técnica”, salientou o secretário de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros do RJ, cel Leandro Monteiro.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado RJ trabalha ininterruptamente, 24 horas por dia, desde a tarde de terça-feira (15), nas operações de busca e resgate de vítimas das fortes chuvas que atingiram Petrópolis, na Região Serrana. A operação está distribuída por todos os locais críticos da cidade.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.