Empresas de telefonia, internet e TV a cabo confirmam participação na segunda edição do Feirão Limpa Nome

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net e Tech Cable estão oferecendo oportunidades exclusivas de renegociação de débitos

Empresas de telefonia, internet e TV a cabo também confirmaram a participação na segunda edição do Feirão Limpa Nome, marcado para acontecer entre os dias 26 e 30 de agosto, entre 9h e 16h, na sede da Prefeitura. São sete empresas que, na primeira edição, foram responsáveis por 30,8% das renegociações: Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net e Tech Cable, que prometem oferecer descontos de até 90% para quitação de débitos. A ação, organizada pelo Procon, tem o Santander, Bradesco, Caixa, Itaú e, pela primeira vez, Banco do Brasil, também confirmados. Outras empresas estão negociando para fazer parte do grupo.

Na primeira edição, quase 900 pessoas negociaram um valor superior a R$ 2,5 milhões. A média de acordo girou em 86% de desconto, mas, em alguns casos, os abatimentos chegaram a 99%, como a de um uma consumidora que conseguiu negociar uma dívida de R$ 10.571 para pagamento de uma única parcela de R$ 104,17. Para negociar com as empresas é só comparecer dentro do horário, retirar uma senha e aguardar ser chamado. É importante levar cobranças antigas e documentos de identificação com foto.

“A primeira edição foi um sucesso e as pessoas pediram que houvesse outra edição. Já em fevereiro conseguimos confirmar e, agora, fechamos as datas e estamos convidando as empresas para participar, negociando, principalmente, descontos exclusivos para negociações no Feirão”, destaca o prefeito Bernardo Rossi. “A meta é superar os acordos da primeira edição e acreditamos que, com a expansão de três para cinco dias e uma hora a mais em cada um deles, teremos ainda mais pessoas satisfeitas com a ação”, destaca o coordenador e organizador da ação, Bernardo Sabrá.

Novidade nesta edição é que os consumidores poderão contar com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para consultar se o consumidor está com o nome negativado junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e por qual empresa. Essa inclusão atende a uma demanda percebida na primeira edição, onde muitas pessoas sabiam que estavam com o nome negativado, mas desconheciam qual empresa havia colocado o nome no cadastro. Além disso, a OAB está homologando os acordos junto com os fiscais do Procon e a UCP vai participar com estudantes de direito dando auxílio nas dúvidas dos consumidores.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.