Empresa é fechada em Teresópolis, por suposta venda de equipamentos roubados

Empresa teria vendido R$500 mil em produtos furtados.

Oficiais da Polícia Civil, fecharam na última segunda-feira (22), uma empresa situada no bairro Várzea no município de Teresópolis que supostamente vendia mais de R$ 500 mil em materiais furtados.

Segundo os agentes, os equipamentos apreendidos eram supostamente de propriedade das empresas Huawei, Oi, Tim e Vivo, específicos para a transmissão de dados de internet e de distribuição exclusiva para essas marcas, não sendo comercializados no mercado. O material teria sido encontrado na sede de uma empresa de revenda de produtos tecnológicos, que funcionava em um shopping em Teresópolis.

De acordo com as investigações, os equipamentos são supostamente adquiridos por operadores de internet que teriam prestado serviços em cidades do interior do Brasil. Alguns equipamentos chegam a valer R$ 60 mil e são utilizados para aumentar a potência de transmissão de dados de fibra ótica.

Durante a ação, dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC) e para a Delegacia de Defesa dos Serviço de Delegados (DDSD), para os devidos procedimentos legais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também