Em 2008, o campeonato nacional de basquete, foi substituído pelo Novo Basquete Brasil, com moldes organizativos semelhantes aos utilizados na NBA, que é  a maior liga de basquete do mundo há décadas e a liga espanhola, que é a mais forte da Europa, coma presença de Real Madrid e Barcelona.

Desde então, diversas equipes ingressaram no campeonato, o interesse aumentou tanto, que hoje há duas divisões no esporte da bola laranja, a NBB e a liga ouro, que equivale a segunda divisão do basquete nacional, jogadores de países como a Argentina e até mesmo os Estados Unidos, ajudam a abrilhantar o campeonato.

O torneio ajudou a fortalecer o esporte de tal maneira, que o país hoje conta com os times de basquete mais fortes da América Latina, tendo feito de Flamengo e Brasília, campeões sul-americanos, no caso rubro-negro o clube da gávea foi ainda mais longe, acabou campeão mundial e convidado para participar de amistosos nos Estados Unidos.

Vendo o sucesso e a organização, clubes de massa do futebol, ingressaram neste esporte, como o Vitória da Bahia, Vasco da Gama, que no passado montou uma equipe de grande sucesso e mais recentemente o Botafogo, quem está na liga ouro, de olho no acesso é o Corinthians, atualmente o patrocinador do campeonato é a Caixa Econômica Federal e seus jogos são exibidos na REDE TV, TV Bandeirantes e SPORTV.

(imagem Caixa)