Em setembro, Rolé Carioca sobe a serra e faz roteiro gratuito em Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Petrópolis. Cidade envolvida por uma natureza exuberante, que respira história, abriga arquitetura de beleza única, acolhe imigrantes de diferentes nacionalidades e é hoje uma das principais cidades turísticas do Brasil. Um roteiro mais do que interessante e que será destino do primeiro Rolé Carioca fora do Rio de Janeiro em um passeio com duração de aproximadamente três horas no dia 08 de setembro.

Conhecida como Cidade Imperial, Petrópolis abriga ícones mais modernos, como a Casa de Santos Dumont, o Hotel Quintandinha – point do jet set internacional, que recebeu artistas, diretores de cinema e cantores renomados na década de 40 – e a sede da cervejaria Bohemia.  A proposta do Rolé Carioca é conhecer e apreciar diferentes pontos desta cidade que faz parte do imaginário nacional.

O projeto, que se encontra em sua 7ª edição, já visitou diferentes lugares que reuniram mais de 18 mil pessoas, percorrendo mais de 200 quilômetros pelas ruas do Rio de Janeiro desde 2013. O portal www.rolecarioca.com.br reúne informações, curiosidades e dados históricos sobre todos os roteiros já realizados.

Para Isabel Seixas, idealizadora e coordenadora do Rolé, “explorar a cidade a pé é uma das principais formas de conhecer suas nuances e desenvolver o senso de pertencimento ao território. É uma experiência que desvenda histórias e memórias e reforça o imaginário coletivo acerca da cidade e seus símbolos”.

O Rolé Carioca é uma realização do estúdio M’Baraká, com consultoria de conteúdo do coordenador nacional do curso de História da Estácio, Rodrigo Rainha, e do historiador William Martins – mestres de cerimônia do projeto e guias dos passeios.

O projeto tem patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Cultura, Estácio e RioCard Mais e conta ainda com o copatrocínio das empresas SHIFT ETT e Cinesystem. Todos os patrocínios foram realizados por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS. 

Nas graças do imperador

Natureza exuberante, clima ameno e proximidade da Capital fizeram com que a região da Serra da Estrela, onde foi fundada a cidade de Petrópolis, caísse nas graças do então imperador Dom Pedro I, que decidiu montar ali um palácio de verão para sua família e recepção de viajantes estrangeiros pouco adaptados ao calor do Rio de Janeiro.

O sonho do imperador, porém, só foi concretizado anos depois – em 1843 – pelas mãos de seu filho Dom Pedro II, que adquiriu uma grande fazenda na região para construir a morada real. Apaixonado por Petrópolis, o imperador passava até seis meses do ano na cidade – ocasião em que a sede do Império passava para lá.

Com a presença constante do imperador, toda a corte, nobres, políticos, diplomatas, senhores de terra, comerciantes e a intelectualidade da época se transferia para Petrópolis. Palacetes e hotéis eram levantados para receber estas pessoas, em construções que hoje fazem parte do patrimônio arquitetônico da cidade.

Roteiro do Rolé Carioca – Petrópolis

Palácio de Cristal

Presente de Conde D’Eu à sua esposa, princesa Isabel, a construção em ferro fundido seguiu a tendência europeia do século 19 e utilizar amplamente o material devido às suas amplas possibilidades de manipulação. É um dos monumentos mais visitados da cidade e único exemplar no mundo – os outros dois existentes, em Porto (Portugal) e Londres (Inglaterra) foram desativados.

Casa de Educação – Visconde de Mauá 

Com ares de fazenda, a casa onde viveu Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá tem linhas neoclássicas e estruturas de ferro. A casa foi vendida quando Mauá – um dos maiores empreendedores da história do País – decretou falência. Ali Vinícius de Moraes, então casado com Lucia Proença, dona da propriedade, passou temporadas e compôs algumas de suas obras.

Catedral de São Pedro

Uma das raras construções de estilo neogótico do Rio de Janeiro, a Catedral guarda os restos mortais de Dom Pedro II, sua esposa Tereza Cristina, da princesa Isabel e de seu marido Conde D’Eu. A igreja, que possui cinco sinos de bronze fabricados na Alemanha, foi projetada pelo arquiteto baiano Francisco Caminhoá e inspirada nas igrejas do Norte da França.

Museu Imperial

Inicialmente utilizado como residência de verão do imperador Dom Pedro II, o belo prédio neoclássico foi concluído em 1862. Depois da morte do imperador, o local abrigou escolas e só se transformou em Museu em 1940 por decreto do então presidente Getúlio Vargas. Inaugurado em 1943, o Museu conta com grande acervo de peças do período imperial brasileiro, totalizando um acervo de quase 300 mil itens. A visita será aos jardins do Museu.

Palácio Rio Negro

Museu dedicado à memória da República em terras imperiais, foi construído em 1889 para ser a residência do Barão do Rio Negro, rico comerciante de café da época. Foi incorporado ao governo federal em 1903 e passou a ser a residência oficial de verão dos presidentes da República. Em exposição, mobiliário e objetos de época e quadros de todos os presidentes republicanos, em ordem cronológica.

Praça da Liberdade

Seu primeiro nome foi Largo Dom Afonso, em homenagem ao primogênito de Dom Pedro II, que faleceu prematuramente. Em 1886 recebeu paisagismo do renomado botânico francês Auguste Glaziou. Em 1888 foi denominada Praça da Liberdade pois ali se reuniam os escravos livres para comprar a liberdade dos companheiros que ainda eram mantidos nas senzalas.

Museu Casa de Santos Dumont

Conhecida como “A Encantada”, a casa foi projetada pelo próprio pai da aviação brasileira para ser sua residência de verão e hoje preserva e divulga a memória deste inventor genial. A casa guarda várias curiosidades como a curiosa escada íngreme de degraus em formato de raquete e o famoso chuveiro de balde perfurado, dividido ao meio para água quente e fria. A visita será na área externa do Museu.

Relógio das Flores

Um dos pontos mais visitados da cidade, o relógio foi construído em 1972, por ocasião das comemorações pelos 150 anos da Independência do Brasil. É o maior relógio de ponteiros formado por flores do País e está situado em frente à Universidade Católica de Petrópolis – prédio do século 19, que sediou o Palace Hotel, que foi frequentado por Dom Pedro II e hospedou personalidades como Santos Dumont.

Cervejaria Bohemia

Museu temático que conta a história da fabricação da cerveja desde a Antiguidade até os dias de hoje, incluindo – claro – a própria história da cervejaria Bohemia. O tour guiado não está incluído no roteiro do Rolé Carioca – a visita será ao prédio – promete oferecer a experiência cervejeira mais completa da América Latina, apresentando o processo de produção da bebida e os ingredientes únicos que são utilizados em sua fabricação.

SERVIÇO – Rolé Carioca – Petrópolis

Data: 08 de Setembro (domingo)

Hora: 10 horas

Ponto de encontro: Palácio de Cristal

Gratuito – Não é necessário fazer inscrição

Duração: aproximadamente 3 horas

Site: http://www.rolecarioca.com.br

Evento: https://www.facebook.com/events/379004316096613/

Este passeio conta a parceria da empresa Caminhos de História, que oferece transfer de ida e volta do Rio de Janeiro, deixando os rolezeiros diretamente no ponto de encontro. Compras antecipadas: https://www.facebook.com/events/379004316096613/permalink/379141109416267/

Sobre o Estúdio M’Barakå (UM-BA-RA-KÁ) – Realizador e idealizador do projeto

Criado há 12 anos por Isabel Seixas e Diogo Rezende, o estúdio M’Baraká desenvolve projetos múltiplos com profissionais de diversos segmentos e se destaca por sua metodologia, que envolve criação, pesquisa, planejamento estratégico e direção de arte. Desde 2013, a economista Larissa Victorio faz parte da sociedade. Os projetos do grupo são únicos, focados na criação de experiências relevantes, que gerem conhecimento e valor para seus públicos: www.mbaraka.com.br

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.