A Secretaria de Obras e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realizaram um trabalho conjunto nesta quinta-feira (01.02) para melhorar as condições da Serra Velha. O órgão estadual cedeu 15 toneladas de asfalto e o município realizou o serviço na Lopes Trovão. O trabalho privilegiou trechos de curvas, onde havia vários buracos grandes. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou a operação tapa-buraco no local.

A Serra Velha é uma rodovia estadual e a conservação é responsabilidade do DER. No entanto, devido aos problemas financeiros enfrentados pelo governo do Estado, o órgão vem tendo dificuldade de cumprir um cronograma de manutenção viária.

“A Serra Velha estava sem manutenção a bastante tempo e isso passou a ser uma reivindicação de quem usa esta estrada constantemente. Por isso que houve esta articulação com o DER, que trouxe material e a Secretaria de Obras entrou com a mão de obra. Isso vai trazer um alívio muito grande para todos que passam frequentemente neste trecho para ir ao Rio, seja para trabalhar, estudar ou outro motivo”, afirmou o prefeito Bernardo Rossi.

O material utilizado foi o asfalto quente, que tem maior qualidade e durabilidade. Aplicação ocorreu principalmente em curvas, trechos que podem causar maior prejuízo aos veículos e ao trânsito, já que os motoristas têm pouco tempo desviar ou acabam sendo obrigados a trafegar mais devagar para evitar problemas como quebra de peças.

O pedreiro Adilson José Alves mora na Lopes Trovão e trabalha no Rio. Ele utilizar a Serra Velha para ir trabalhar e diz que a manutenção não era feita há algum tempo. Para ele, o tapa-buraco é um alívio.

“Eu desço de carro direto para ir trabalhar e esse serviço é muito bom, estava precisando mesmo. A manutenção costuma ser feita, mas já tinha muito tempo que ninguém vinha aqui para fazer o tapa-buraco. Demorou, mas agora está sendo feito o que a gente precisava”, disse ele.

O serviço de tapa-buraco está sendo reforçado em Petrópolis. A Secretaria de Obras montou quatro equipes para o trabalho em toda cidade. Cada uma delas tem entre cinco e seis funcionários, que contam com auxílio de um rolo compressor. Nesta quinta-feira (01.02), além da Serra Velha, a manutenção viária ocorreu também nas ruas Henrique Paixão (Floresta), 13 de Maio, Mosenhor Bacelar, Cel. Veiga, Souza Franco (Centro), João Xavier (Duarte da Silveira) e Carlos Carnevalli (Carangola).

“Nós sabemos da necessidade de ampliar a manutenção viária na cidade. Nos últimos dias, o trabalho ficou prejudicado por causa da chuva, que inviabiliza o tapa-buraco. Por isso, montamos quatro equipes para poder agilizar o trabalho em todo município, que é extremamente importante para a população”, explicou o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

A manutenção viária em Petrópolis tem sido feita com frequência. No ano passado, a Secretaria de Obras realizou o serviço de tapa-buraco 439 vezes em mais de 250 ruas e a manutenção de calçamento ocorreu 359 vezes em quase 220 locais. Somente em janeiro, Comunidade do Fragoso, Comunidade Florido, Alto da Serra, Centro Histórico, Estrada da Saudade, Sargento Boening, Secretário, Nogueira, Itaipava, Comunidade do Neylor, entre outros. Também foi feito um trabalho temporário de melhoria das condições da Estrada União e Indústria.