O Portal dos Procurados divulga neste sábado, dia 31/03, em menos de 24 horas, mais um cartaz com título – Quem Matou? – para contribuir na investigação da Delegacia de Homicídios da Capital – DH -, com informações que levem a identificar e prender os envolvidos na morte do Cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro Raphael de Oliveira Monteiro. Para isso está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil reais, por informações sobre os assassinos.

Lotados no 41° BPM – Irajá -, o cabo Raphael e o cabo B.M e SD Filho, realizavam patrulhamento de rotina em Costa Barros, Zona Norte do Rio, quando sofreram um ataque de traficantes da localidade. Eles passavam pela Avenida Martin Luther King quando, na altura da Rua Professor Sá Lessa, se depararam com diversos bandidos de moto saindo do Morro da Pedreira.

Ao ver os policiais, os criminosos, covardemente, efetuaram diversos disparos contra a viatura, sem que os policiais tivessem tempo de reagir ou se defender da investida dos traficantes. O cabo B.M foi ferido por estilhaços no braço e na mão. O CB Raphael levou um tiro na cabeça.

Socorridos por uma viatura do 9° BPM (Rocha Miranda), os dois foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rocha Miranda e transferidos para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. O cabo Monteiro não resistiu aos ferimentos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O CB B.M , não corre risco de vida.

Atualmente, quem comanda o tráfico de drogas no Morro da Pedreira é o traficante Emerson Brasil da Silva, o Raro, que possui uma recompensa de R$ 2 mil por informações que levem a sua captura.

Com a morte de CB Monteiro, já chega a 34 o número de Agentes de Segurança assassinados no Estado do Rio em 2018. Sendo 32 da Policia Militar e 02 da Policia Civil. Ao todo 103 policiais já foram baleados no Rio em 2018.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; ou pelo aplicativo para celular – Disque Denúncia RJ.

Todas as informações serão direcionadas para Delegacia de Homicídios da Capital – DH – que investiga o caso e tenta encontrar pistas que levem aos autores do crime.

Fonte: Disque Denúncia RJ - DDRio