Educa em Casa: plataforma já está sendo usada pelos alunos da rede municipal Material impresso também está sendo entregue para as crianças

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A plataforma criada pelo município para oferecer atividades pedagógicas complementares para os alunos da rede municipal de Educação já está sendo usada pelas crianças e adolescentes. O “Educa em Casa”, que foi criado sem custos para o município, está sendo atualizado semanalmente com atividades diferentes. Além dos conteúdos programáticos separados por ano de escolaridade, há, ainda, dicas de leitura, jogos, propostas de projetos, uma biblioteca e visitas virtuais a museus. As informações podem ser acessadas por alunos e pais e responsáveis no endereço: http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/.

            “A página está sendo atualizada pela equipe da Secretaria de Educação para garantir que novos conteúdos sejam armazenados para as crianças e jovens. Vale a pena conferir o trabalho que está sendo feito. É uma plataforma de fácil interação e que pode ser conferida no computador e através dos celulares também”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

Os alunos do CEI Herminia Matheus estão adorando a plataforma: os pais realizam as atividades e enviam o conteúdo para a diretoria do CEI que divulga as realizações na página do CEI, no Facebook. A diretora do CEI, Carla Correa, elogiou a plataforma.

“A plataforma “Educa em Casa” foi muito bem elaborada e organizada, apresenta facilidade de acesso e entendimento, com conteúdo selecionado e adaptado à Educação Infantil, Fundamental I e Educação Especial. O material disponibilizado para a Educação Infantil apresenta possibilidades de interação e brincadeiras que complementam e auxiliam nos processos de aprendizagem dos bebês e das crianças pequenas, além de indicações de rotina, música, confecção de brinquedos, histórias, atividades de alongamento e jogos”, contou Carla.

Ainda segundo Carla, outro diferencial da página é a parte de formação. “Houve também uma preocupação por parte da Secretaria de Educação de envolver a equipe pedagógica, como diretores, coordenadores, professores e educadores, disponibilizando textos, cursos e aceitando sugestões de atividades”, completou Carla.

            Na plataforma, há os ícones: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação Especial. “Os alunos que não tem acesso a internet já estão recebendo as atividades de forma impressa. Os pais que tiverem dúvidas ou precisarem de dicas podem procurar a equipe da escola onde o aluno está matriculado. Ainda há no site um espaço para o envio de mensagens”, explica a secretária de Educação, Marcia Palma.

Fonte: Ascom Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.