Na noite de hoje, será realizado o jogo final da Libertadores, iniciada em Janeiro, a competição teve a participação de sete equipes brasileiras, no primeiro ano em que a antiga copa foi estendida a toda a temporada e não só a parte inicial do ano, como era até 2016.

Depois de tantos meses e jogos, dois times chegaram a disputa pela taça, o Grêmio que passou pelo Zamora da Venezuela, Guarani do Paraguai e Godoy Cruz da Argentina, o qual enfrentou novamente nas oitavas de final, na fase seguinte passou por um rival brasileiro, o Botafogo e na fase anterior quem ficou para trás foi o Barcelona do Equador.

Já o Lanús da Argentina teve o seguinte caminho: primeira fase enfrentou a Chapecoense do Brasil, Nacional do Uruguai e Zulia da Venezuela, eliminando a Chapecoense após o time brasileiro ser retirado da competição, perdendo pontos por uma escalação irregular, na fase eliminatória passou pelo The Strongest da Bolívia, San Lorenzo de seu país e por outro rival nacional, o River Plate numa das maiores viradas da história da competição.

No primeira jogo da final há uma semana atrás em Porto Alegre, o Grêmio venceu por 1 a 0, gol do volante Cícero, para o tricolor ficar com a taça pela terceira vez, basta um novo empate ou vitória, já para os argentinos do Lanús, será necessário vencer ao menos por um gol de diferença para forçar a prorrogação e para garantir o título no tempo normal será preciso vencer por 2 ou mais gols de diferença.

A final terá a transmissão da Tv Globo para todo o Brasil, na Tv fechada os canais Sportv e Fox Sports estão autorizados a levar a partida para todo o Brasil, quem vencer o duelo de hoje a noite, será o representante sul-americano no mundial de clubes no Japão, que já conta com a presença de entre outros clubes, do poderoso Real Madrid da Espanha, campeão da Europa e com craques como Marcelo, Kroos, Benzema e Cristiano Ronaldo.

(imagem retirada do site torcedores.com)