Foto: Divulgação

DRF prende mentor de quadrilha que furtava agências bancárias, caixas eletrônicos e postos de pagamento em universidades no estado do Rio

Para realizar os crimes, o bando usava equipamentos especializados, sem que ninguém percebesse sua atuação.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) desencadearam, nesta terça-feira (18/08), a primeira fase da Operação Collegium, que desarticulou parte de uma quadrilha especializada em furtar agências bancárias, caixas eletrônicos e postos de pagamento em Universidades que atua no estado do Rio. Durante a ação, foi cumprido um mandado de prisão e dois de busca e apreensão. O preso é apontado como o mentor dos furtos e responsável pela escolha dos locais a serem atacados. 

De acordo com os agentes da especializada, durante a pandemia a quadrilha aproveitou a paralisação das aulas em universidades e institutos federais de educação para atacar postos de pagamentos localizados dentro dos locais. Para realizar os crimes, o bando usava equipamentos especializados, sem que ninguém percebesse sua atuação.

As investigações apontaram que nos últimos meses os criminosos praticaram ao menos três furtos idênticos, usando uma técnica sofisticada de perfuração nos caixas, conseguindo subtrair centenas de milhares de reais de pronto atendimentos das Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Fiocruz, em Bonsucesso, e da Universidade Católica em Petrópolis, na Região Serrana. O homem preso hoje também seria o responsável por contratar especialistas em furtos, oriundos de Joinville, Santa Catarina, para atuarem nos furtos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também