Os percursos da Copa Imperial de Mountain Bike (MTB) passam por trilhas em Secretário, Madrugada, Gambá, Sardual, Amil, Anápolis, Fagundes, retornando para Secretário. A prova será realizada em duas distâncias: 25 e 50 quilômetros, em caminhos demarcados especialmente para a competição. A largada será às 7h30 na Praça de Secretário, com chegada no mesmo local. A prefeitura disponibilizou 300 vagas gratuitas que já foram preenchidas, mas em caso de desistência, quem ainda não se inscreveu pode tentar uma vaga no dia 4 de agosto, quando acontece a troca de kits no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá.

Celeiro de atletas renomados nos cenários nacional e internacional do Mountain Bike, Petrópolis conta a partir de agora com a primeira competição da modalidade fixa no calendário esportivo da cidade. Desta maneira, a prefeitura busca incentivar a prática do MTB no município, além de ser uma boa oportunidade para os amantes do esporte estarem próximos dos principais atletas do país.

“Nossa cidade tem um grande potencial e oferece a estrutura necessária para realizar eventos que reúnem atletas de todo o país. A Copa Imperial de MTB é uma grande novidade para o município, que vai oferecer aos ciclistas uma competição em alto nível. Nos próximos anos, vamos oferecer a competição em outros locais da cidade”, garante o superintendente de Esportes e Lazer, Hingo Hammes.

Os principais ciclistas da cidade estão aprovando a novidade, que vai reunir atletas amadores e profissionais de todo o Estado. Pentacampeão estadual do Rio de Janeiro, o petropolitano Wolfgang Soares é atleta profissional da modalidade há cinco anos e disputa as principais competições de Mountain Bike do país. Ele destaca que o esporte precisa de mais espaço e celebra a iniciativa da prefeitura.

“É uma iniciativa muito importante para o Mountain Bike, trazendo mais espaço de competição para a nossa cidade e para o Estado do Rio de Janeiro. Petrópolis tem grande tradição na modalidade e ganha muito com uma prova nesse estilo”, garante Wolfgang.

O treinamento dele e de outros atletas acontece pelas trilhas dos bairros Morin, Caxambu, Meio da Serra e Secretário. Segundo Wolfgang, a cidade é uma referência no esporte graças aos espaços naturais, que preparam os ciclistas para os desafios encontrados nas competições nacionais.

“Outro fator importante é a presença de atletas renomados incentiva aos que estão começando na modalidade.  É bacana a prova acontecer em dois percursos, oferecendo a oportunidade também para os iniciantes. Já fiz a minha inscrição e estou muito motivado a participar”, garante Wolfgang.

Além da Copa Imperial de MTB, o calendário esportivo da cidade conta com mais de 90 eventos em 2018. Além do apoio oferecido, a prefeitura realiza diversas atividades, como o Agita Petrópolis, o Festival das Comunidades e os jogos estudantis.

“Posso destacar as duas edições da Copa Rio de Voo Livre que acontecem ainda este ano, os campeonatos municipais, a sequência do Festival das Comunidades, além da segunda fase dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis. O Agita Petrópolis também continua funcionando nas comunidades, com aulas de alongamento e ginástica. Com tantas modalidades oferecidas, esperamos que a população da cidade esteja mais ativa”, completa Hingo.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Reprodução da internet