O Portal dos Procurados divulga nesta terça-feira, dia 09/01, cartaz com título – Quem Matou? – para obter informações que levem a identificação dos envolvidos na morte do Cabo da Polícia Militar José Renê Araújo Barros, de 35 anos, lotado 32º BPM (Macaé). Para isso está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil. O cabo foi o primeiro policial militar morto em serviço neste ano no estado do Rio de Janeiro. O cabo Renê tinha 35 anos e oito na Polícia Militar. Ele deixa esposa e três filhos.

Ele morreu na manhã desta terça (9), depois de ser baleado durante um tiroteio com traficantes, em uma operação da Polícia Militar na comunidade de Lagomar, em Macaé, município do interior do Rio, localizado no Norte Fluminense. O policial ferido, infelizmente não resistiu, falecendo enquanto era socorrido para a unidade de saúde da região.

Quatro policiais militares morreram em 2018 no estado do Rio, dos quais dois estavam de folga quando foram mortos, e um morreu no dia (06), onde estava internado desde outubro de 2017, após ser vítima de uma tentativa de assalto em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar do Rio de Janeiro enviou uma nota onde afirma que “é com profundo pesar que informa o falecimento do Cabo José Renê Araújo Barros”. A nota diz ainda que o militar estava em uma operação para reprimir ações criminosas de facções rivais pela disputa de ponto de drogas na região de Lagomar.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Fonte: Disque Denúncia RJ - DDRio