Detran e PM dão início neste sábado a uma parceria com ações de fiscalização

Inspiradas na Operação Lei Seca, blitzes serão diárias em todas as regiões fluminenses; a primeira acontecerá em Petrópolis.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Detran.RJ e a Polícia Militar passarão a atuar de forma conjunta com foco na Segurança Pública e na regulamentação do trânsito no Estado do Rio de Janeiro. Inspirada na Operação Lei Seca (foto), que reúne agentes de mais de uma instituição pública, a ação da PM e do Detran começa neste sábado (14), em Petrópolis, na Região Serrana, e passará a ser realizada diariamente em todo o território fluminense.


A parceria foi firmada para atender a duas finalidades. Uma, na área de Segurança Pública, é a repressão aos criminosos que circulam pelas vias urbanas utilizando motos e carros. A segunda é a identificação de veículos irregulares e motoristas não habilitados.


– A população do Estado do Rio de Janeiro só tem a ganhar com essas operações conjuntas. A parceria entre o Detran e a PM reforça ainda mais a importância da atuação do governo nas seguranças pública e viária de todo o estado – avalia o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.


O emprego de efetivo e viaturas nessas operações conjuntas seguirá o critério do grau de complexidade da região onde os agentes vão atuar. Os policiais militares farão a primeira abordagem, determinando que os motoristas encostem o veículo na lateral da pista. Depois da checagem inicial dos documentos e de uma revista no veículo, os agentes do Detran farão uma fiscalização mais detalhada, tanto na documentação como nos itens de segurança do veículo determinados pela legislação de trânsito.


Para o secretário de Estado da Polícia Militar, coronel Rogério Figueredo de Lacerda, a nova parceria entre as duas instituições vai agregar muito valor à segurança pública do estado.

– Estaremos unindo as expertises de policiais militares na abordagem a veículos e de agentes do Detran no campo da fiscalização de trânsito, em benefício de toda a sociedade – afirma o coronel Figueredo.

Fonte: Governo do Estado do Rio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.