Desembargadora suspende decisão que anulou condenação de Bomtempo

A suspensão da decisão faz Bomtempo ter seus direitos políticos suspensos novamente.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A decisão da juíza Cláudia Wider, da 4ª Vara Cível de Petrópolis, que anulava a condenação de Rubens Bomtempo (PSB) por improbidade administrativa foi anulada pela desembargadora Daniela Brandão Ferreira, da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

A suspensão da decisão faz Bomtempo ter seus direitos políticos suspensos novamente.

Na decisão, Daniela Brandão afirma que a decisão de Cláudia Wider foi inconstitucional. A anulação da decisão foi um pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

No julgamento ocorrido na noite de terça-feira (3), o ministro Alexandre de Moraes pediu mais tempo para analisar o processo, já que a anulação da condenação era um fato novo.

Em nota, a assessoria de Rubens Bomtempo afirmou que o atual Deputado Estadual “segue confiando que a Justiça reconhecerá seu direito de assumir o cargo de prefeito de Petrópolis”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Maligno e A Casa Sombria estreiam nesta quinta-feira na Rede Cinemaxx Petrópolis

Tomar a vacina contra a Covid-19 é uma demonstração de amor e cuidado consigo e com o próximo. Para incentivar, cada vez mais, as pessoas a se vacinarem, a Rede Cinemaxx traz promoções especiais. Quem apresentar a carteira de vacinação, na bilheteria de qualquer uma das unidades da Rede Cinemaxx, comprovando que tomou uma ou duas doses da vacina, vai ganhar um presente especial do Cinemaxx.

Comentários estão fechados.