Uma denúncia de crime ambiental feita ao Linha Verde, programa do Disque Denúncia do Rio voltado para o meio ambiente, levou policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual dos Três Picos, à Petrópolis, na Região Serrana, na última sexta-feira (31), onde foram constatados entre outros ilícitos, o corte de talude e movimentação de terra em Itaipava.

De acordo com os agentes da 5ª UPAm, as informações do Linha Verde davam conta de uma obra na Rua Geni Gomes, que estaria sendo realizada dentro de uma Zona de Proteção Ambiental, inclusive com a construção de uma via clandestina. Os agentes também constataram o corte do talude e movimentação de terra (terraplanagem).

No local, os militares questionaram o pedreiro sobre as licenças ambientais para a realização das obras e ele informou que o responsável pelo terreno não se encontrava. Quando o mesmo compareceu ao endereço, disse aos policiais que o licenciamento estaria com a Imobiliária e iria providenciar, mas como a mesma não foi apresentada no momento da fiscalização, os policiais se encaminharam à 106ª DP (Itaipava), onde a ocorrência foi registrada com base no Artigo 60 da Lei de Crimes Ambientais.

Vale lembrar que os petropolitanos podem denunciar qualquer crime ambiental ao Linha Verde, pelos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, ou ainda através do aplicativo de celulares “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Por: Gabriel Malheiros

Fonte: Linha Verde