Foto: Divulgação / DDRio

Uma denúncia de crime ambiental enviada pelo programa Linha Verde, do Disque Denúncia do Rio levou policiais da 6ª Unidade de Policiamento Ambiental (Serra da Tiririca) a resgatarem nesta sexta-feira (02), 50 pássaros da fauna silvestre que estavam em cativeiro.

O fato ocorreu no centro do município de São Gonçalo, na Região Metropolitana, onde dentro da residência denunciada, havia dois grandes viveiros e diversas gaiolas com pássaros, sem que esses tivessem anilhas de identificação do IBAMA ou que o proprietário possuísse licença ambiental. Segundo os agentes da 6ª UPAm, no local foram encontrados 11 canários, cinco coleiros, nove biquinhos, quatro sabiás, três tizius, três bem-te-vis, três saíras, dois tiês sangue, duas gralhas, um caboquinho, uma cigarra, um galo da serra, um trinca ferro, um corripião, um tucano, um azulão e um garibaldi.

Todas as aves foram encaminhadas ao Instituto Ambiental Phenix de Animais Silvestres em São Pedro da Aldeia. O responsável pelos animais foi levado à 72ª DP, onde a ocorrência foi registrada com base no Artigos 29 da Lei de Crimes Ambientais e 180 do Código Penal.

Vale reforçar que desde o início do ano, o Linha Verde já cadastrou 117 denúncias referentes à guarda e comércio de animais silvestres em todo o Estado e em todo o ano passado, foram mais de 620 denúncias somente sobre esse tipo de assunto. A população pode continuar denunciando qualquer crime ambiental através dos telefones (21) 2253 1177; 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local) ou pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares, onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Fonte: Disque Denúncia RJ - DDRio

Crédito da foto: Divulgação / DDRio