Denúncia do Linha Verde leva polícia ambiental a identificar bota fora irregular em Itaipava

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando crimes ambientais em Petrópolis através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ” onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Neste sábado (06), seguindo as diretrizes do Comando de Polícia Ambiental a fim de averiguar denúncia de desmatamento encaminhada pelo Linha Verde (0300 253 1177) – programa do Disque Denúncia voltado para meio ambiente – policiais militares ambientais estiveram em Itaipava, distrito de Petrópolis, onde identificaram um aterro irregular às margens de um córrego.

Os policiais da 5ª Unidade de Policiamento Ambiental, munidos com as informações do Linha Verde, estiveram na Estrada João de Oliveira Botelho, na localidade de Santa Mônica, onde, após contato com a mãe do acusado, que se encontrava em outro município, observaram um terreno com 500 metros quadrados às margens de um córrego onde eram depositados resíduos sólidos e lixo verde. Os agentes da Unidade de Policiamento Ambiental fizeram então contato telefônico com o responsável, que informou não possuir nenhuma licença ambiental para aquela atividade. Com base no artigo 60 da lei de crimes ambientais, os agentes procederam à 106ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando crimes ambientais em Petrópolis através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ” onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também