Denúncia do Linha Verde ajuda polícia na apreensão de 80 jabutis

Os policiais procederam à residência denunciada encontraram 80 filhotes de jabutis armazenados em péssimas condições, sem alimento e hidratação.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Oitenta jabutis piranga (chelonoidis carbonaria) foram resgatados de cativeiro em uma residência de Duque de Caxias nesta quarta-feira (23), após uma denúncia sobre caça, guarda e comércio de animais silvestres recebida pelo programa Linha Verde, do Disque Denúncia (0300 253 1177).

De acordo com agentes do Comando de Polícia Ambiental, as informações do Linha Verde davam conta de um homem que realizava caça de animais com objetivo de comercializá-los em feiras livres de Duque de Caxias, Nova Holanda e Parque União, sendo o acusado um dos principais fornecedores de animais para essas feiras e revendas clandestinas. Diante das informações, os policiais procederam à residência denunciada encontraram 80 filhotes de jabutis armazenados em péssimas condições, sem alimento e hidratação. Como o suspeito não se encontrava no local, os agentes do CPAm questionaram sua esposa sobre as licenças pertinentes para mantê-los em cativeiro, e diante da negativa, a equipe procedeu à 59ª DP para o registro da ocorrência. Os animais foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Seropédica, na baixada fluminense.

O Linha Verde reforça a solicitação para que a população continue denunciando crimes ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local) ou 2253 1177 (capital), além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.