Delegacia de Defraudações e Metrô Rio realizam ação conjunta para prender acusados de fraudar cartões de passagem A investigação constatou que um grupo criminoso estava comercializando de forma ilegal cartões de Bilhete Único e Giro (bilhete próprio do Metrô).

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Delegacia de Defraudações (DDFE), em conjunto com o Metrô Rio, realiza, na manhã desta terça-feira (04/02), uma ação para prender acusados de fraudar cartões de passagem. A operação ocorre em estações do metrô. Até o momento, três pessoas foram detidas e conduzidas para a especializada.

A investigação constatou que um grupo criminoso estava comercializando de forma ilegal cartões de Bilhete Único e Giro (bilhete próprio do Metrô). Ainda segundo o apurado o bando fazia uso de smartphones com um aplicativo que clona os créditos adquiridos legalmente nas bilheterias. Com a leitura, eles duplicavam os créditos e ofereciam aos usuários do serviço de transporte o cartão por um preço menor do que é cobrado nas estações.

Segundo o Metrô Rio a estimativa de prejuízo é em torno de R$ 500 mil, entre os meses de dezembro e janeiro. As investigações prosseguem para identificar outros envolvidos na prática criminosa.

Fonte: PCERJ

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.