Ocorreu neste sábado (24.03) o lançamento oficial da temporada 2018 de concertos da Sociedade Artística Villa-Lobos (SAV), em evento realizado na residência de Myrian Dauelsberg, presidente da instituição. Realizados no Museu Imperial, oito grandes concertos acontecerão no último sábado de cada mês, com exceção da apresentação do dia 7 de julho, que será realizada no primeiro. O lançamento contou com uma espécie de “degustação musical”, com apresentações da pianista Patrícia Glatzl e do tenor Leonardo Feitosa.

Fundada em 1970 por Loudes Tornaghi e o casal de musicistas Arnaldo Estrela e Mariuccia Iacovino, a Sociedade Artística Villa-Lobos é na região serrana um símbolo de persistência, continuação e amor em prol da música clássica. Durante suas quatro décadas, aproximadamente 500 concertos foram realizados, garantindo à Petrópolis destaque no cenário nacional e internacional da música.

“A cultura é algo que não pode ser esquecido, que não pode morrer. Por isso, é lindo ver esta sala cheia para o lançamento da temporada 2018 de concertos. A ideia deste Chá Musical é de uma degustação, mas de uma forma diferente. Brevemente, os presentes conheceram um pouco do trabalho destas duas promessas da música clássica nacional, a Patrícia e o Leonardo”, frisa Myrian Dauelsberg, presidente da SAV.

A temporada 2018 contará com apresentações de diversas áreas da música clássica, com harpistas, pianistas, orquestras e muito mais dentro de sua programação. As apresentações acontecem no ultimo sábado de cada mês, às 16h, no auditório do Museu Imperial. A única exceção é a apresentação do grupo alemão Duo Lontano, que se apresenta no primeiro sábado do mês de julho.

“Vivemos em uma cidade que respira história, e não podemos perder o que fomenta a cultura. Eventos deste tipo devem ser apoiados e prestigiados, e por isso é muito satisfatório o resultado do evento deste Chá Musical, que trouxe muitos assinantes à Sociedade. Estamos iniciando também uma parceria que visa facilitar a ida dos petropolitanos a espetáculos da Villa-Lobos no Rio de Janeiro, realizando todo o transporte e acompanhamento”, destaca a organizadora do evento e proprietária da Dream Up Tour, Gisele Goulart.

A parceria entre a SAV e a Dream Up Tour tem como objetivo proporcionar um melhor contato entre os petropolitanos e o mundo das artes. Caso obtenha o mínimo de oito passageiros, será realizado o transporte e acompanhamento para todas as apresentações da SAV no Rio de Janeiro.

Mantida por seus assinantes, a SAV conta com apoio institucional da Dell’Arte Soluções Culturais e da Prefeitura de Petrópolis. A assinatura, que garante ingressos aos oito shows da temporada, pode ser adquirida através de depósito bancário ou cartão de crédito. Apenas no evento deste sábado, 35 assinaturas foram realizadas presencialmente para os concertos.

A assinatura pode ser realizada através de depósito bancário identificado, para a conta 16111-9, agência 2789 do Banco Bradesco. O comprovante de depósito deve ser enviado para o e-mail aurea@dellarte.com.br. Pode-se também adquirir por cartão de crédito, em duas vezes, pelo telefone 4002-0019. Garantindo entrada para oito concertos, a assinatura fica no valor de R$ 280,00. Para informações sobre o transporte para apresentações no Rio, deve-se contatar a Dream Up Tour pelo telefone 2243-1223 ou ir à sede da agência, localizada na Rua Drº Nelson de Sá Earp, nº 232, sala 08.

Confira a programação completa da temporada:

26/4: Camerata de Cordas Orquestra de Barra Mansa- Brilhantes obras do Barroco. Regente e Solista: Daniel Guedes.

26/5: Daniel Burlet, pianista, apresentando Obras Virtusísticas de Villa-Lobos e Liszt.

30/6: As Zarzuelas, com “A alma da Espanha em Estórias Cantadas”, com Felipe Naim no piano, Luiz Mello no violão, Mariana Gomes como soprano e o tenor André Figueiredo.

07/7: Grupo alemão Duo Lontano (composto por Babette Hierholzer e Jurgen Appell), com piano a Quatro Mãos.

25/8: Apresentação da harpista canadense Giabetta Baril.

29/9: Mitos e Lendas, com a pianista Kátia Balloussier e soprano Luciana Costa e Silva.

27/10: Quarteto da Guanabara, com Maressa Portilho e Daniel Guedes no violino, Daniel Albuquerque na viola e Márcio Malard no violoncelo.

24/11: Concerto natalino.

 

Todas as apresentações acontecem às 16h, no auditório do Museu Imperial (Entrada do Bosque).