Foto: Reprodução da Internet

Danilo Gentili é pré-candidato à Presidência da República

A informação foi confirmada pelo Deputado Federal Kim Kataguiri (DEM-SP) na última quarta-feira (17), em entrevista no Youtube.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Na noite da última quarta-feira (18), o Deputado Federal Kim Kataguiri (DEM-SP), confirmou em uma entrevista realizada no Canal Delegado da Cunha, no Youtube, que o apresentador e humorista do SBT Danilo Gentili é oficialmente pré-candidato à Presidência da República em uma eventual disputa no ano de 2022.

Segundo o deputado, líder do movimento político MBL (Movimento Brasil Livre), resta agora alocar o apresentador em um partido como cabeça de chapa para a disputa das eleições gerais. Além disso, quando perguntado se o humorista é um pré-candidato, o parlamentar afirmou : “Não tenho sombra de dúvida”.

O possível candidato já detém apoio de figuras importantes do meio político brasileiro. O ex-ministro da justiça e ex-juiz Sérgio Moro, afirmou na sexta-feira 9 de abril que caso o apresentador se candidatasse ao maior posto do poder executivo teria seu voto. “Em um deles, quase foi lançada a candidatura presidencial do Danilo Gentili, que aliás, teria meu voto”, escreveu Sérgio Moro em sua coluna na revista Crusoé.

Em uma pesquisa eleitoral realizada no início do mês de maio, o humorista apareceu com 4% das intenções de voto, em terceiro lugar empatado tecnicamente com tradicionais nomes da política nacional, como Ciro Gomes (PDT) e Eduardo Leite (PSDB), por exemplo.

Em uma outra pesquisa, realizada desta vez pelo Instituo Exame/IDEA, o apresentador obteve 8% das intenções de voto entre o público mais jovem, e manteve os 4% da pesquisa anterior entre o público geral, se mantendo desta forma na terceira colocação em uma eventual candidatura.

Apesar do resultado promissor, Danilo obteve uma rejeição de 20% de pessoas entrevistadas que afirmaram que não votariam no humorista “de jeito nenhum”, ainda que a rejeição seja menor que a do atual Presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e do ex-presidente Lula (PT), ela segue alta em relação a outros possíveis concorrentes, como Eduardo Leita (PSDB), com apenas 10%.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.