A torcida rubro-negra, como em muitos momentos desta temporada, encheu o Maracanã para empurrar seu time, ainda que os ingressos fossem mais caros, mais de 40 mil presentes queriam que o Flamengo obtivesse um resultado bom no jogo de ida.

Nada saiu como o planejado, pelo contrário, um organizado Cruzeiro foi se impondo aos poucos e causando dor de cabeça a massa rubro-negra, no primeiro tempo quem abriu o placar foram os visitantes num lance onde Arrascaeta aproveitou-se da falha na linha de impedimento montada pela defesa do Flamengo.

Com a necessidade de reverter o resultado que já era ruim, por ter levado o gol dentro de casa, o Flamengo tentou de todas as formas pressionar o adversário, só que além de não conseguir balançar as redes cruzeirenses, viu o adversário chegar ao segundo gol com Thiago Neves, ex-jogador do clube.

Para se classificar sem a necessidade de penalidades, o mengão terá que vencer no tempo normal por 3 ou mais gols de diferença, caso vença por diferente de dois gols, terão que ser placares a partir de 3 a 1, vitória por 2 a 0, pênaltis, vitória por diferença de um gol, empate ou nova derrota, classificarão o Cruzeiro as quartas de final.