Foto: EBC

CPI do Gás vota relatório final nesta quarta-feira

Instalada em maio de 2019, a CPI do Gás realizou 16 reuniões, ouvindo representantes do setor e a Naturgy Brasil
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Janeiro (Alerj) que investigou possíveis irregularidades na concessão da distribuição de gás no Estado do Rio apresenta, nesta quarta-feira (16), às 9h, seu relatório final. Com mais de 100 páginas, o documento traz diversas recomendações que serão enviadas à Agencia Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa) e a órgãos de controle do estado, com propostas para melhoria do serviço.

Instalada em maio de 2019, a CPI do Gás realizou 16 reuniões, ouvindo representantes do setor e a Naturgy Brasil – empresa gestora dos serviços concedidos de gás no estado. O valor cobrado na tarifa aos consumidores residenciais e comerciais e o preço da renovação da outorga, estimado de R$ 800 milhões com vencimento para 2027, foram os principais pontos avaliados pela CPI.

“O preço do gás no estado do Rio é um dos mais elevados do país, mesmo sendo o maior produtor. Pretendemos que o resultado dessa CPI seja a garantia dos direitos dos consumidores fluminenses a terem um serviço público de qualidade e com valor justo”, ressalta o presidente Max Lemos (PSDB). Se aprovado pela comissão, o documento final será encaminhado para votação em Plenário. A audiência será virtual e transmitida posteriormente pelo Youtube da TV Alerj.

Fonte: Alerj

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.