© Governo do Estado de São Paulo

Covid-19: Ponto de apoio em Itaipava passa a funcionar na UBS

Mudança vai ocorrer na manhã desta sexta-feira (17/07). Atendimentos serão retomados no mesmo dia

Diante da necessidade de alteração do local onde funciona a unidade do Ponto de Apoio contra o coronavírus, montado em frente ao terminal rodoviário, em Itaipava, o governo municipal resolveu, nesta semana, reorganizar o novo polo de atendimento. A mudança ocorre devido ao término do contrato de cessão do terreno. O novo local fica próximo ao anterior. Desde o início da pandemia, o ponto de apoio vem atendendo pacientes suspeitos de infecção pelo novo coronavírus, com realização de consultas e exames gratuitos. Pelo local, já passaram cerca de 2 mil pessoas até o momento. A mudança completa, para a Unidade Básica de Saúde (UBS), também no distrito, será realizada na manhã da próxima sexta-feira (17/07) por uma equipe especializada do SAMU e deve suspender os atendimentos por um curto período. A previsão é de que as equipes médicas voltem a atender os pacientes ainda no início da tarde do mesmo dia.

“A alteração foi necessária neste momento. O terreno foi cedido por um período e, diante do término, achamos mais viável fazer a mudança a permanecer no local anterior. A proximidade do ponto de apoio com a Unidade Básica de Saúde (UBS) de Itaipava traz inúmeros benefícios à população. Estaremos dentro de uma unidade importante para a Atenção Básica, o que não tínhamos anteriormente. Essa alteração vai ser feita de forma rápida. Vai começar às 8h da sexta-feira e deve terminar por volta das 13h do mesmo dia. Precisamos dessa agilidade para que os pacientes que carecem de atendimento não sejam obrigados a se deslocarem até o ponto de apoio do Centro da cidade”, afirmou a secretária de saúde, Fabíola Heck.

Na sexta-feira (17/07), todos os equipamentos essenciais ao trabalho serão transferidos para a nova unidade. Vale lembrar que o novo local de atendimento vai manter seu plantão 24 horas por dia e terá entrada e saída em pontos separados e afastados, para que pacientes suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus não tenham acesso aos demais que buscam a UBS por outros motivos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também