O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizou, neste fim de semana, dois salvamentos em trilhas e matas do Estado. Ao todo, 12 bombeiros participaram, in loco, das ações de resgate, que aconteceram na capital e na Região Serrana fluminense. O Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da corporação também precisou ser acionado.

Na noite de sábado (24.03), os militares resgataram um casal de jornalistas argentinos que se perdeu próximo à Cachoeira dos Primatas, no Horto do Rio. Os turistas foram encontrados após quatro horas de buscas, no Mirante da Lagoa. A operação contou com cinco bombeiros do 1º Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente (GSFMA), um deles bilíngue, que manteve comunicação constante, pelo telefone, com as vítimas, acalmando-as e orientando-as sobre o caminho.

  • Ficamos todo o tempo em contato com a equipe do Corpo de Bombeiros pelo celular. Eles nos guiaram e tranquilizaram. Estávamos muito nervosos. Quando fomos achados, por volta de 23h30, nos ofereceram hidratação e atendimento médico. Descemos a trilha juntos até uma base, onde duas viaturas nos aguardavam. Seremos eternamente gratos. Fomos muito bem tratados – disse Agustina Vidal, de 24 anos.

Divulgação / Ascom CBMERJ

Na manhã de domingo (25.03), a tropa foi acionada para um socorro no Morro do Açu, que fica no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Petrópolis. A vítima, uma mulher de 38 anos, foi encontrada depois de seis horas de buscas pelo efetivo do Destacamento de Itaipava (DBM 2/15). Ferida, ela precisou ser transportada por um helicóptero da corporação e encaminhada a uma unidade hospitalar.

  • Além da técnica, focamos no planejamento, na coordenação e integração e na comunicação para o cumprimento da missão – afirmou o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, coronel Roberto Robadey.

Fonte: Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Divulgação / Ascom CBMERJ