No dia 29 de novembro é comemorado o Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres. Para marcar a data, a Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizam uma série de atividades de conscientização. Amanhã (29.11), haverá desocupação de edificações, a partir das 10 horas, em todo o estado. O público será orientado sobre prevenção e escape em caso de acidentes diversos e incêndios.

Entre os prédios públicos e particulares que aderiram ao treinamento estão prefeituras, centros comerciais, shoppings e universidades. Cerca de 50 escolas de 27 municípios também participarão dos exercícios. Mais de sete mil pessoas – entre alunos, professores, funcionários e diretores – estarão envolvidas na atividade.

  • Os bombeiros vão atuar nos exercícios checando, junto à população, as escadas de emergências, os extintores, os mapas de fuga, a iluminação e a sinalização de emergência das edificações – explicou coronel Robadey.

Na quinta-feira (30.11), está previsto, na capital, um treinamento no aeroporto do Galeão. Na sexta-feira (01.12), a Defesa Civil Estadual participa de um seminário sobre a resposta à emergência de derramamento de óleo na Baía de Guanabara. Para fechar a programação, está previsto para o dia 5 de dezembro o lançamento do Plano de Emergência do Estado e do Plano Verão 2018. Na ocasião, os 92 municípios vão conhecer o planejamento da Defesa Civil do Estado para enfrentamento de ocorrências envolvendo chuvas fortes ao longo do próximo ano.

Tradição – Este é o sexto ano consecutivo em que a data é lembrada no Rio de Janeiro. De acordo com o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Robadey, as ações têm como objetivo consolidar a cultura de prevenção entre a população.

  • O Dia de Redução de Riscos de Desastres já é um marco. É fundamental a mobilização da sociedade para diminuir as ameaças, tornar as respostas a acidentes mais eficientes e construir cidades mais resilientes. Todos podem e devem participar – estimulou o secretário.

Áreas de risco – Os exercícios tiveram início no domingo (26.11), quando comunidades vulneráveis de oito (8) municípios fluminenses participaram de simulados de desocupação (Rio de Janeiro, Cachoeiras de Macacu, Bom Jardim, Teresópolis, Areal, Mangaratiba, São João de Meriti e Niterói). Petrópolis realizou o treinamento na terça-feira (28.11). As atividades, realizadas em parceria com as defesas civis municipais, órgãos governamentais e não-governamentais e a sociedade civil, visaram à mobilização preventiva dos moradores de áreas de risco. Mais de 12 mil pessoas participaram das ações. Os moradores foram orientados por agentes a deixarem suas casas e seguirem para os pontos de apoio. Magé e Angra dos Reis farão o treinamento também no dia 29.

Equipes de imprensa que quiserem acompanhar um dos treinamentos, nos retorne com um e-mail de confirmação até 17 horas desta terça-feira (28.11)

Local sugerido: Condomínio Edifício Rio Metropolitan Center (Avenida República do Chile, nº 500, Centro, Rio de Janeiro). A edificação comercial possui 27 andares e conta com 14 elevadores sociais. Horário: 10 horas

 

Fonte: Secretaria de Estado de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro