Quatro mil cantores. Quase duas mil missas. Centenas de concertos no Brasil e no exterior. Os números confirmam a importância do coral de meninos mais antigo do país. Sinônimo de qualidade vocal, técnica e encantamento, o Coral dos Canarinhos de Petrópolis completa este mês 77 anos. Para marcar a data, uma missa especial será realizada no próximo domingo, dia 18, às 10h, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus.

“Ficamos muito felizes pelos 77 anos de existência, desempenhando importante papel não só no mundo da música como também na formação destes meninos como cidadãos. Esperamos que esta missão, que tanto bem faz para quem participa, como para quem nos assiste, se perpetue”, comentou o diretor artístico do coral, o maestro Marco Aurélio Lischt.

Fruto de um sonho de Frei Leto, o Coral dos Canarinhos se tornou realidade quando se apresentou pela primeira vez, em 1942, na Igreja do sagrado do Coração de Jesus, dando início a uma belíssima trajetória dedicada à música erudita e cercada de amor, dedicação, tradição e orgulho.

A comemoração pelos 77 anos será a mais tradicional. Os canarinhos estarão na mesma igreja onde toda a história foi iniciada. Além de comemorar o aniversário do coral, a missa deste domingo será em honra de Nossa Senhora. O mês de aniversário dos Canarinhos também contará com a apresentação no Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos, na UFF, em Niterói, no dia 27.

Consagrado como um dos patrimônios culturais da cidade e sendo o mais antigo e tradicional grupo vocal, o Coral dos Canarinhos levou para muitas crianças e adolescentes a oportunidade de contar com um ensino musical exemplar e inteiramente gratuito.

No início das décadas de 1940 até 1960, o coro tinha uma formação menor, com aproximadamente 35 cantores. As formações cresceram a partir de 1970. “Lembro que no final da década de 1990, o coro era bem grande e chegamos a dividi-lo em dois. Cada domingo, um dos coros se apresentava nas missas da Igreja do Sagrado”, recorda o maestro. Atualmente, o coral possui 65 integrantes no coro principal e cerca de 25 meninos fazem parte do curso de Aprendizes, que os prepara para ingressar no Coral dos Canarinhos. 

Música como inclusão social

O Canarinhos de Petrópolis é administrado pelo Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis (IMCP), instituição filantrópica, de utilidade pública municipal, estadual e federal, sem fins lucrativos, que oferece formação coral inteiramente gratuita. Além do coro de Meninos, o IMCP também administra o coro das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis, o Curso de Aprendizes e oferece aulas particulares de vários instrumentos musicais.

O objetivo do Instituto é transformar a realidade dos integrantes, por meio da integração e do convívio. As crianças e jovens que fazem parte dos coros pertencem a classes sociais variadas e ingressam nos coros aos 8 anos, permanecendo até os 18 anos. O coro é aberto à comunidade. Desta forma, todos os interessados, tanto meninos como meninas, podem ingressar no curso de Aprendizes, desde que tenham oito anos e estejam matriculados no 3º ano do primeiro segmento do ensino fundamental, em qualquer escola da cidade, tanto públicas como particulares.

Disciplina e dedicação

A rotina dos meninos e meninas é intensa dentro do IMCP. Os quatro anos iniciais são voltados para a formação musical, onde aprendem teoria, solfejo, ritmo e percepção musical. Neste período, passam até 15 horas semanais no Instituto, onde 12 horas são dedicadas à música.

Na segunda fase do aprendizado, os coralistas são divididos em tenores e baixos, com aulas às quartas, das 18h às 19h30, e às sextas-feiras, das 13h às 15h. Além disso, participam de aulas de técnica vocal uma vez por semana.