Petrópolis volta a receber uma etapa da Copa Rio de voo livre no fim de semana. A arrumação dos equipamentos dos pilotos começa às 10h, mas só às 14h começam as decolagens com início da competição, que é dividida em duas categorias: Elite, para os profissionais; e Sport, para os iniciantes e amadores da modalidade. O vencedor desta etapa será decidido após a soma dos resultados de sábado (21.04) e domingo (22).

Os organizadores estimam a participação de mais de 40 atletas, entre amadores e profissionais, incluindo nomes consagrados, como Cláudio Leal, o primeiro praticante de Petrópolis, o paulista Álvaro Sandoli, três vezes campeão brasileiro e o carioca Carlinhos Niemeyer, vice-campeão do pré-mundial. Até o final do ano, o município recebe outras três etapas do campeonato.

Além dos voos, quem for até o local vai contar com uma programação variada – shows com bandas de forró e de rock, além da apresentação de um documentário sobre a história da modalidade no país. Uma feira com produtos orgânicos e artesanais vai funcionar nos dois dias da competição.

“É uma tarde para ser aproveitada em família. É importante para o município receber eventos que atraem atletas de todo o país e nomes importantes do cenário esportivo nacional. Até o fim do ano, estão confirmadas outras três etapas do torneio na cidade”, afirma o superintendente de Esportes e Lazer da cidade, Hingo Hammes.

De acordo com o Petrópolis Voo Clube (PVC), que organiza o evento, são 20 inscritos até o momento, mas outros praticantes devem se inscrever no dia do torneio. A participação de atletas de outros cidades, como Rio de Janeiro e São Paulo, está confirmada pelo PVC.

“A cidade tem as melhores condições de decolagem e de voo do Estado. Além das belezas da nossa região, que são admiradas por todos”, explica Geraldo Magela, o “Lalado”, um dos organizadores da competição, destacando o apoio da prefeitura aos eventos organizados pelo PVC.

“Desde o ano passado a prefeitura se tornou uma grande parceira do voo livre. Estamos trabalhando em conjunto para oferecer um dia diferente para toda a família, não apenas um torneio ou uma competição. Esperamos que os petropolitanos venham nos prestigiar”, completa.

O município conta com três rampas, que estão localizadas no Parque São Vicente, Morin e Siméria. Todas dão possibilidade de decolagem para todos os quadrantes de ventos.