Foto: Divulgação/LPD

Coordenador técnico da categoria de base do Fluminense compartilha experiência em curso para profissionais da área esportiva de Petrópolis

Marcelo Veiga é o palestrante do seminário para técnicos e gestores dos campeonatos de futebol e futsal da cidade.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Começou o curso para os profissionais que atuam nos campeonatos municipais de futebol e futsal de Petrópolis. Com aulas ministradas pelo coordenador técnico das categorias de base do Fluminense, Marcelo Veiga, os treinadores e comissões técnicas das equipes que disputam as competições da cidade iniciaram o seminário de qualificação na última sexta-feira (12). Durante pouco mais de duas horas de conversa com os profissionais presentes, ele compartilhou um pouco da sua experiência no clube carioca, onde está desde 2004.

“Estou aqui para retribuir para a cidade tudo que ela me deu. Sou petropolitano e iniciei a minha carreira no futebol em Petrópolis. Espero ajudar os profissionais da cidade a trilharem o mesmo caminho, e na medida do possível, aplicarem o que passei para eles em seus clubes”, disse Marcelo ao iniciar a primeira aula teórica do curso.

O curso acontece por meio do Projeto Agita Futebol, da Prefeitura de Petrópolis, que neste ano organiza os campeonatos municipais de futebol e de futsal da cidade. O projeto foi contemplado pelo Ministério da Cidadania, através da Secretaria Especial do Esportes do Governo Federal e tem a parceria da Secretaria de Esportes de Petrópolis, junto com a Liga Petropolitana de Desportos (LPD). Além do curso, o projeto contempla a compra de materiais esportivos para os clubes, a premiação dos campeonatos e os valores da taxa de arbitragem de cada partida das competições.

“A capacitação é feita em quatro etapas, sendo duas teóricas e duas práticas. Além das informações técnicas, são passados os principais cuidados que os atletas, assim como arbitragem e toda a parte técnica precisam ter para que o campeonato aconteça da melhor forma possível”, disse o subsecretário de Esportes, André Fernandes.

Durante a atividade, Marcelo Veiga comentou como é trabalhar com tantos atletas de diferentes idades. “Temos no Fluminense atualmente nas categorias de base do futebol mais de 300 atletas. Montamos um planejamento para cada categoria semanalmente e pensamos em cada passo de nossas atividades. Sabemos que nem todos jogadores chegarão ao profissional. Por isso, nosso principal objetivo é formar homens e cidadãos de bem. Buscamos trabalhar valores com ensinamentos voltados para a parte social”, completou ele. 

Ao todo, o seminário terá oito horas de atividades, sendo 70% dele composto por aulas teóricas e 30% de aulas práticas. Além do curso, cada um dos clubes que disputam os campeonatos municipais receberá palestras em suas sedes, referente às modalidades de futsal e futebol.

A próxima aula presencial acontecerá nesta sexta-feira (19), novamente na Casa dos Conselhos, sede da prefeitura de Petrópolis, na Avenida Koeler, 260, no Centro de Petrópolis. Já as atividades práticas serão realizadas em algum clube da cidade com data e local ainda a serem definidos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.