Há 25 anos atrás, nascia em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, Neymar da Silva Santos Júnior, desde novo batalhou para conquistar um lugar ao sol no disputado mundo do futebol, seguindo os passos de seu pai, que chegou a jogar profissionalmente em times pequenos do estado de São Paulo sem muito destaque.

Aos 11 anos o garoto conseguiu chegar ao Santos, um dos maiores clubes do futebol brasileiro, conhecido por revelar craques como Pelé, maior jogador de futebol de todos os tempos, Robinho, Diego, Elano, Giovanni, Jamelli, entre outros tantos que fizeram sucesso no futebol começando sua trajetória no alvinegro da Vila Belmiro.

Com 17 para 18 anos ele foi alçado ao time profissional pelo técnico Wanderlei Luxemburgo, entre indas e vindas no time titular durante o ano de 2009, ele explode como craque em 2010, durante a disputa do campeonato paulista daquele ano, onde foi o artilheiro e melhor jogador da competição, além de trazer a taça de campeão para seu time, naquele ano ele venceria também a Copa do Brasil, sendo está a primeira conquista do Santos na competição.

No ano seguinte, vence o paulistão novamente e passa a ser convocado para a seleção brasileira, onde disputou a copa América, sendo eliminado pelo Paraguai nas quartas de final, de volta ao Santos, é campeão da libertadores, algo que o clube não conquistava há 48 anos, repetindo um feito de Pelé, foi vice campeão mundial perdendo a decisão para o Barcelona.

Falando em Barcelona, o clube espanhol foi quem contratou Neymar em 2013, sua negociação foi polêmica e quase levou seu pai a prisão, por irregularidades na negociação, chegou ao clube catalão onde jogou ao lado de estrelas como: Messi, Xavi, Iniesta e Suarez, por lá venceu tudo o que pode: Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopa da Espanha, Liga dos Campeões, Supercopa Europeia e o Mundial de Clubes da Fifa.

Defendeu a seleção brasileira, na Copa de 2014, realizada no país, foi o camisa 10, sendo importante na campanha que levou o time a fase semifinal, em função de uma pancada que quase o alijou durante o jogo contra a Colômbia, ficou de fora da fase semifinal, sendo para alguns, a sua ausência um dos motivos do 7 a 1 sofridos para a seleção alemã.

Desde agosto deste ano, defende o PSG da França, sendo sua venda a mais cara da história do futebol mundial, por lá está acompanhando de uma legião de brasileiros como: Thiago Silva, Thiago Motta, Marquinhos e Daniel Alves, além de estrelas como Cavani M´Bappé e Pastore.

Neymar também é uma estrela no mundo dos famosos, sendo protagonistas de campanhas publicitárias, clipes musicais, novelas e filmes, fazendo sua fortuna aumentar exponencialmente, tem uma das camisas mais vendidas do mundo além de ter um salário espetacular, tendo uma das maiores fortunas do mundo.

Por clubes, disputou 429 jogos e anotou 254 gols, pela seleção brasileira já são 107 participações e 71 gols marcados, superando atletas como Ronaldo, Zico e Romário, tudo isso com apenas 25 anos e uma copa disputada.

Pela seleção tem apenas um título, mais muito importante, a medalha de ouro olímpica no futebol, conquistada nas olimpíadas do Rio de Janeiro no ano passado, diante da Alemanha no Maracanã, era a única honraria que a seleção não possuía e ele fez questão de jogar a competição para ajudar na conquista do ouro.

(imagem retirada do site Pe.Esportes)