Mal acabaram as champanhes e os fogos deixaram de colorir o céu e passaram a ser lembranças nas redes sociais, os clubes começaram a sua corrida em busca de reforços para esta temporada, algumas equipes já trouxeram muitos jogadores, outras estão mais cautelosas e teve time que sequer mexeu no elenco em relação a 2017.

Em Minas Gerais, tem artilheiro chegando, trata-se de Ricardo Oliveira, que nos últimos anos defendeu o Santos, agora o atleta que entre outros clubes defendeu o Milan da Itália, jogará com a camisa do Atlético Mineiro, que trouxe jogadores como Arouca, Roger Guedes e Erik.

Outro time que se movimentou muito foi o Cruzeiro, que trouxe Egídio do Palmeiras de volta ao clube, além de Fred que estava no rival Atlético Mineiro, para a raposa também chegou o lateral Edílson, que foi campeão da Libertadores pelo Grêmio e acumula passagens de sucesso por Botafogo e Corinthians e o volante Bruno Silva do Botafogo.

Saindo de Minas Gerais e indo para o Rio Grande do Sul, mais novidades, o Internacional que voltou a primeira divisão trouxe o atacante Roger, do Botafogo, Ruan do Boa Esporte, Patrick do Sport Recife entre outros atletas reintegrados como o zagueiro Paulão, que teve boas atuações em 2017 pelo Vasco da Gama.

A única negociação envolvendo o Grêmio no momento, foi a troca de Edílson, lateral-direito, pelo meia Alisson, que atuou em 2017 pelo Cruzeiro, o atual campeão da Copa Libertadores e vice-campeão mundial ainda analisa muitos nomes no mercado e tenta conter o assédio em jogadores como Arthur e Luan.