TheGiantVermin/Creative Commons

Como prevenir e tratar o câncer de mama em pets Veterinária da Petz orienta sobre a importância da castração para a prevenção da doença

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O movimento Outubro Rosa também ajuda a alertar sobre o câncer de mama nos pets. Estima-se que a incidência em cadelas seja de 45%, e que aproximadamente 30% das gatas sejam diagnosticadas com a doença, segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária. Uma das razões para o problema em cadelas é a suscetibilidade às alterações hormonais. “Por isso, o ideal é que elas sejam castradas antes mesmo do primeiro cio. Assim conseguimos prevenir a neoplasia mamária em cerca de 90% dos casos”, afirma a veterinária Karina Mussolino, gerente de clínicas da Petz.

O procedimento também diminui os riscos do desenvolvimento do câncer de útero e da piometra, uma grave infecção uterina que costuma afetar muitas fêmeas não castradas. Outra medida importante de prevenção é a visita semestral ao veterinário. “O check-up pode ajudar no diagnóstico precoce da doença, o que possibilita o melhor resultado do tratamento, maior chance de cura e recuperação”, orienta a veterinária. Ao notar qualquer carocinho ou nódulo, é fundamental levar o pet ao veterinário.

Foi o que ocorreu com a cachorrinha da médica Paula Rubia de Lucca, cliente da Petz. “Durante um banho habitual, a funcionária do setor de estética notou um nódulo na mama e me avisou. Isso ajudou que o diagnóstico fosse feito logo no início, para a melhor recuperação da pet, que passou por cirurgia”, conta Paula.

Tratamento

Para confirmar o diagnóstico, o veterinário poderá pedir antes um exame citológico do tumor (punção com agulha fina) e, para definir o grau e se é maligno e benigno, costuma-se fazer o histopatológico (enviar o fragmento removido durante a cirurgia para análise). “Dependendo do tipo do câncer, o tratamento pode ser realizado com cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou eletroquimioterapia. Mas a cirurgia e a quimioterapia são os meios de tratamento mais utilizados”, informa a Dra. Karina.

Apesar de a quimioterapia ter efeitos colaterais nos animais (como náusea, apatia e perda de peso, entre outros), o sofrimento deles pelo que observamos é menor que o dos seres humanos que passam por esse tipo de tratamento.

Os principais sintomas

1 – Caroço na região das mamas

 2 – Inchaço

3 – Dor

4 – Secreção

5 – Odor desagradável

6 – Feridas

7 – Falta de apetite

 8 – Vômito

9 – Apatia

Sobre a Petz

A rede de pet shops é a maior do Brasil em número de lojas, somando 71 no País – em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. A lojas reúnem tudo o que os bichinhos de estimação precisam para uma vida com qualidade em um só lugar.

Os espaços Petz Estética e Petz Veterinário contam com profissionais especializados nos serviços de banho e tosa e na medicina veterinária – capazes de cuidar da saúde e da higiene dos pets da melhor forma. Além do Petz Garden, com plantas, flores e material para jardinagem e piscina. A rede oferece também o Centro Veterinário, que funciona 24 horas no Pacaembu e na Petz Marginal Tietê.

Fonte: Veterinária da Petz

Crédito da foto: TheGiantVermin/Creative Commons

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.