Rua Teresa reaberta - Divulgação

Comércio de Petrópolis é autorizado a voltar o atendimento em horário praticado antes da pandemia

De acordo com o Sicomércio, a normalização dos horários vai facilitar também a contratação de colaboradores temporários no comércio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A prefeitura de Petrópolis publicou na última sexta-feira (06), a revogação do decreto que norteava o funcionamento do comércio da cidade. Desde junho, quando foi autorizado a reabrir as portas, os estabelecimentos tinham que seguir horários diferenciados para abertura e fechamento das lojas. Com a revogação das medidas publicadas anteriormente pelo executivo, os empresários poderão voltar ao horário praticado antes da pandemia: Centro Histórico de 9h às 19h e Rua Teresa e Aureliano Coutinho, de 9h às 18h.

“O Sicomércio comemora o retorno dos horários normais das atividades do setor, principalmente porque estamos há pouco mais de um mês do Natal e neste mês temos Black Friday. Essa era uma grande preocupação de alguns comerciantes e das grandes redes que temos na cidade. Estávamos ansiosos aguardando a liberação das atividades plenas do comércio”, explica Marcelo Fiorini, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (SICOMÉRCIO).

De acordo com o Sicomércio, a normalização dos horários vai facilitar também a contratação de colaboradores temporários no comércio. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostram que o setor vem se recuperando e apresentou saldo positivo na geração de empregos por três meses consecutivos.

“Com essa retomada dos horários teremos a possibilidade de gerar emprego e renda, criando postos de trabalho no setor. O período do Natal aumenta o fluxo de pessoas nas ruas e consequentemente o volume de trabalho nos estabelecimentos”, revela Marcelo.

O comércio continua seguindo todos os protocolos de atendimento estipulados durante a pandemia. As lojas estão equipadas com álcool em gel para uso dos colaboradores e clientes, muitas utilizam tapetes sanitizantes, houve reforço na limpeza das lojas e o uso de máscaras de proteção, que é item obrigatório na cidade.

“As regras continuarão sendo observadas. É importante continuarmos evoluindo para que as medidas tenham que ser canceladas. Estamos atentos a todos os procedimentos evitando aglomerações nas lojas, controlando o acesso aos estabelecimentos, para que voltemos a atingir nossa plenitude em breve e com isso o patamar em que estávamos antes da pandemia”, reflete Marcelo.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.