A Comdep e a Secretaria de Obras operaram em conjunto nesta quarta-feira (21) para fazer a limpeza do pátio do Liceu Carlos Chagas, que fica próximo ao bairro Atílio Marotti. Dezoito funcionários foram destinados para fazer a raspagem da lama, lavagem e desobstrução de bueiros. Para que a situação não ocorra novamente, também será construída uma rede de manilhas provisórias para escoar a água de chuva e evitar que volte a escorrer lama para o pátio do colégio. As aulas retornaram nesta quinta-feira (22) na unidade escolar.

Uma passagem alternativa foi criada para garantir que os alunos possam entrar no Liceu sem passar pela lama em caso de chuva. Os alunos entrarão por um portão que fica próximo ao portão principal e seguirão por um corredor no terreno da escola, próximo ao muro que separa a escola do Fórum, evitando o contato com a lama. A Secretaria de Educação enviou para o Liceu Carlos Chagas um funcionário que ficará exclusivamente orientando os alunos sobre essa entrada alternativa na escola.

  • A rede provisória terá 60 metros e as manilhas instaladas serão de 60 centímetros de diâmetro. Assim, essa água da chuva vai parar de escorrer e levar lama para escola, evitando que aconteça novamente necessidade de interromper as aulas para o serviço de limpeza – ressaltou o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Ele também esteve na obra de reconstrução da via que dificulta o acesso ao bairro Atílio Marotti, vistoriando o trabalho. A empresa responsável pelo serviço segue realizando a remoção dos escombros e está usando uma máquina para fazer a demolição do muro que caiu no trecho.

  • A prefeitura acompanha de perto todos os passos dessa obra, para que tudo ocorra da melhor forma possível e possa ser finalizado o quanto antes para retomar a normalidade para os moradores – ressaltou o prefeito Bernardo Rossi.