Com tema ‘Origens’, VI edição do Festival Carioca Contação de Histórias é transmitido online

Evento acontecerá em formato (online e ao vivo), dos dias 21 até 26 de março.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Chegando a sua VI Edição, o ‘Festival Carioca de Contação de Histórias’, acontecerá no Rio de Janeiro, em formato online, de 21 (domingo) a 26 (sexta) de março. A abertura terá transmissão ao vivo direto do Campo de Santana, local onde já aconteceram edições anteriores do festival, porém dessa vez sem a presença de público, devido aos protocolos de prevenção, segurança e proteção contra a pandemia da covid-19.

Um dos  objetivos principais do evento é realizar encontros entre os contadores de histórias e democratizar o acesso a essa cultura através das plataformas digitais. O evento une arte e tradição oral a partir do encontro de contadores de histórias.

Este ano, o tema central será ‘Origens’, e traz histórias que contam sobre nossas origens e ancestralidade. Histórias que trazem em si a possibilidade de olhar pra dentro e também para o outro.

A programação é para toda a família, especialmente na abertura do festival (21/03), que terá duração aproximada de 4h30 e contará com contação de histórias ao vivo direto do Palco Baobá, roda de conversa, performances instantâneas como a Barganha de Histórias e Espaço Tempo é Poesia. A mediação será feita por integrantes do Coletivo Vento Sutil, organizador do evento.

Os demais dias , as apresentações acontecem online, sempre em dois horários: às 10:30h e 15:30h, no Facebook e Youtube do Festival @festivalcariocadecontacaodehistorias

Transmissões on-line

As sessões online terão duração de 5 dias, com apresentações no período da manhã e tarde, com 30 minutos de duração cada. Serão apresentadas pelo Coletivo Vento Sutil com contadores convidados. Serão ao todo 10 contadores de histórias para o formato online. A transmissão será feita através das plataformas digitais e redes sociais, como Youtube e Facebook.

“A realização online do Festival é uma maneira de atualizar e adaptar a arte de contar histórias aos novos meios de produção, atingindo o público das plataformas digitais”, afirma Fátima Verônica, uma das organizadoras do evento e integrante do Coletivo Vento Sutil.

Com histórias que desvendam os segredos entre nós, e que podem nos aproximar e sensibilizar. Histórias dos povos originários. E para contar e nos emocionar. Para que essas histórias sejam contadas foram convidados contadores que estiveram próximos nas edições anteriores do festival.

Talita Leonelli, integrante do Coletivo Vento Sutil, destaca a importância da contação de histórias e da realização do Festival Carioca de Contação de Histórias:

“Estimula a criatividade, a solidariedade, a capacidade crítica de desenvolver habilidades e despertar o interesse pelo conhecimento. O conteúdo abordará temas como: inclusão social, diversidade, coletividade, equidade racial e comunhão com a natureza”.

Formação de professores

Outro objetivo do evento é ampliar o diálogo entre cultura e educação. A programação do festival  oferece um curso de  Tradição, Oralidade e Ancestralidade Griot.

A oficina voltada para professores da rede pública acontece no dia 28/03, das 15h às 17h, pela plataforma Zoom, e é baseada na pesquisa de mestrado da professora Fátima Verônica Santos, sobre a Tradição Oral do Griot, que é um contador de histórias da África Oeste. Para participar da oficina é necessário preencher o link de inscrição abaixo.

As vagas são limitadas e é necessário se inscrever em: encurtador.com.br/jloz7

Sobre o Coletivo Vento do Sul

A realização do evento é da equipe O Coletivo Vento Sutil, um grupo que atua há mais de 6 anos e surgiu na criação do Festival Contação de Histórias em 2015, com sua primeira edição na Praça da Cruz Vermelha, Centro do Rio. Em janeiro de 2017 foi realizada a  primeira edição da Mostra Vento Sutil no teatro Serrador e o Coletivo participou da programação da semana da criança do Teatro Popular Oscar Niemeyer em Niterói.

Em 2019 o Coletivo realizou a segunda edição da “ Mostra Vento Sutil com o tema dos 5 Continentes” no Sesc Copacabana, “Vento Sarau dedicado a ancestralidade e posteridade” no Sesc Tijuca e “Mini Maratona de Histórias interestadual” no Sesc Três Rios”, eventos que passaram a fazer parte da agenda anual do Coletivo Vento Sutil.

O projeto foi aprovado pela Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro pelo edital Cultura Presente Lei Aldir Blanc.

Serviço:

O que: Festival Carioca Contação de Histórias VI edição

Quando: 21 a 26 de março/ 2021

Para quem: famílias, educadores, artistas e todos aqueles que tem prazer de ouvir boas histórias

Onde: Transmissão  ao vivo do Parque Campo de Santana 21/03(domingo), a partir das 13h  através do Facebook e Youtube. Demais dias, 22/03 (segunda)  à sexta 26/03 (sexta), às 10h30 e 15h30  através do Facebook e Youtube

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.