Créditos: REUTERS/Natacha Pisarenko

Com hat-trick, Messi supera Pelé e se torna o maior artilheiro de seleções sul-americanas da história

O craque argentino chegou aos 79 gols marcados pela Argentina.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com três marcas na partida, Lionel Messi não apenas deu a vitória para a Argentina em cima da Bolívia, em Buenos Aires, nessa quinta-feira (9), mas superou Pelé como jogador que mais marcou por seleções sul-americanas na história, com uma soma de 79 gols.

“Eu estava realmente ansioso, e eu realmente queria aproveitar isso,” disse o argentino. “Eu esperei um longo tempo por isso, eu fui em frente, e sonhei com isso. É um momento único pela forma que aconteceu, depois de esperar por tanto tempo.”

O primeiro veio aos 14 minutos, após o craque passar pela defesa boliviana e chutar de fora da área, confirmando o golaço. O camisa 10 ampliou aos 19’ do 2º tempo, depois de tabela com Lautaro Martinez dentro da área. O hat-trick foi completado nos dois minutos finais da partida, quando o artilheiro aproveitou rebote.

A noite também foi especial para os 21 mil torcedores presentes, que pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19, puderam ver a equipe nacional no estádio. Além disso, os fãs puderam ver Messi, emocionado, levantando o título da Copa América, conquistado em julho, no Brasil, sobre o time da casa.

“Não tinha forma melhor de celebrar do que estar aqui,” disse a estrela. “Minha mãe está aqui, meus irmãos estão nas arquibancadas. Eles sofreram tanto e eles estão aqui comemorando. Eu estou muito feliz.”

Com a vitória, a Argentina se encontra no segundo lugar das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. A seleção brasileira continua em primeiro, com 100% de aproveitamento na competição.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.