Edgar Pujol

Com expectativa de público de mais de 350 mil pessoas município planeja infraestrutura para 30ª Bauernfest

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com expectativa de superar o público de 350 mil visitantes no ano passado, o município já articula entre secretarias e demais órgãos públicos a organização da Bauernfest – uma das maiores festas da cultura germânica de todo o mundo –, que este ano acontece de 14 a 30 de junho (exceto dia 20, feriado de Corpus Christ).  Um planejamento detalhado já vem sendo discutido entre órgãos municipais e as forças de segurança, como as polícias Militar e Civil, além de Corpo de Bombeiros. Ações para o trânsito, para coibir flanelinhas e ambulantes, além de ações para vistoriar as barracas de alimentação, e da segurança estão entre as prioridades.

Em 10 dias da Festa do Colono Alemão, no ano passado, o evento recebeu mais de 350 mil pessoas. Nesta 30ª edição, com seis dias a mais, a expectativa é de que o número de visitantes aumente. A Bauernfest é um dos principais eventos de Petrópolis, é considerada a segunda maior festa da cultura germânica do país, atrás apenas da Oktoberfest, em Blumenau, em Santa Catarina. Em 2018, o evento movimentou R$ 43 milhões na economia da cidade e contou com mais de 200 atrações. Para o prefeito Bernardo Rossi, o planejamento antecipado é fundamental.

“Temos certeza de que será mais uma festa de sucesso na cidade e tudo está sendo organizado para que mais uma vez ela aconteça de forma muito tranquila. É um evento que além de atrair muitos turistas e visitantes, é um espaço para as famílias petropolitanas, um espaço para adultos e crianças. Esta união da prefeitura e todos os órgãos competentes vai trazer essa tranquilidade”, frisa.

Uma reunião com todas as secretarias e instituições envolvidas já foi realizada na sede da prefeitura e, agora, grupos de trabalho menores vêm se reunindo para fechar o planejamento para a festa. Estão envolvidos a Turispetro, o Instituto Municipal de Cultura e Esportes, a Secretaria de Serviços Segurança e Ordem Pública, a Comdep, a Secretaria de Administração, de Saúde, de Educação, de Desenvolvimento, Defesa Civil, entre outras, além da CPTrans, polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros.

“Queremos que esta festa seja cada vez melhor e mais organizada, por isso todo o planejamento foi feito com antecedência. Estamos lançando um desafio nesta edição, expandido o evento, e todos os órgãos precisam estar em contato. Vamos receber muitos turistas na cidade e estaremos preparados para esse aumento nos quatro cantos de Petrópolis”, frisa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Trânsito

Para o trânsito o planejamento já está sendo finalizado pela CPTrans, e os testes estão sendo realizados nas principais ruas que sofrerão impacto com a festa. A ideia é organizar ainda mais o trânsito e os ônibus de turismo que chegarão ao município nesse período. Só em 2018 foram mais de 800 veículos de turismo, entre ônibus e vans.

Entre as principais mudanças estão a inversão da Rua Padre Siqueira; alteração da circulação de ônibus urbano na ponte em frente à Casa Visconde de Mauá; abordagem aos veículos de turismo nas entradas da cidade, para indicar locais de estacionamento – Bingen, Quitadinha e Barão do Rio Branco, entre outras.

Fonte: Turispetro

Crédito da foto: Edgar Pujol

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.