Créditos: Gaspar Nóbrega/COB

Com derrotas no judô, natação e tênis de mesa, Brasil perde quatro posições no quadro geral de medalhas

Japão, China e Estados Unidos lideram a competição, até agora.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Após a conclusão do quinto dia de Olimpíadas, o Brasil sofreu derrotas importantes e perdeu quatro posições no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos. O país agora ocupa a 18ª posição, ainda com cinco medalhas conquistas, entre elas um ouro, duas pratas e dois bronzes.

Maria Portela foi derrotada no judô feminino, com polêmica da arbitragem, após tomar sua terceira punição. Já na natação, Leonardo de Deus ficou em sexto, nos 200m borboleta. Enquanto no revezamento 4x200m livre masculino, a delegação brasileira composta por Fernando Scheffer, Murilo Sartoni, Breno Correia e Luiz Altamir, chegou a ficar em segundo, mas finalizou a prova na oitava posição. No tênis de mesa, Hugo Calderano, que já havia feito a melhor campanha da história brasileira na modalidade, foi eliminado nas quartas de final para o alemão Dimitrij Ovtcharov.

O Japão permanece na liderança do quadro de medalhas das Olimpíadas de Tóquio, agora com 13 ouros, quatro pratas e cinco bronzes. A China passou os Estados Unidos e assumiu a segunda colocação, com 12 ouros, seis pratas e nove bronzes. Já os norte-americanos, continuam com o maior total de medalhas, com 31, mas agora ocupam o terceiro lugar, com 11 ouros, 11 pratas e nove bronzes.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.