Com o objetivo de ser mais prático e funcional, não será mais preciso deixar o aplicativo de mensagens para realizar transações. O WhatsApp funcionará como uma extensão do banco e oferecerá 11 de seus serviços dentro da plataforma.

Entre as operações disponíveis para os clientes estão transferências, consulta do código Iban (que mostra o número da conta internacional), recarga de celular, liberação de cartão, saldo e extrato de conta-corrente e de poupança, extrato de fundos de investimento, rastreio e emissão de fatura de cartão. Todas são criptografadas, para que permaneçam seguras, e são realizadas por meio de um sistema de inteligência artificial.

Para começar a usar, basta salvar o número (61) 4004-0001 no aplicativo e começar a troca de mensagens. A previsão é de que o serviço seja liberado para cerca de 500 mil clientes por semana.

Para conseguir realizar serviços como consultas e transações, o cliente receberá códigos de confirmação por meio de notificações ou SMS, além de receber mensagens assegurando a utilização das funções.

Desde junho, o Banco do Brasil já oferece consultas através das redes sociais: são oito tipos de transações via Whatsapp e outras duas, mais simples, através do Twitter. O Messenger, aplicativo de chat do Faceebok, também já oferecia serviços da instituição financeira.

Em agosto do ano passado, o aplicativo de mensagens já estudava lançar esse tipo de recurso . Na data, o WhatsApp, que já contava com um bilhão de usuários ativos, começou a desenvolver uma versão voltada para empresas, para que se comunicassem mais rápido com seus clientes, e também o recurso para permitir o envio de dinheiro em sua plataforma.