GETTY IMAGES

Clientes de celulares pré-pago poderão ter acesso a histórico de serviço e recarga De acordo com o projeto, essa prestação de contas deverá acontecer por meio físico ou digital, dependendo da preferência do consumidor.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

As empresas de telefonia móvel podem ser obrigadas a fornecer aos clientes da modalidade “pré-paga” o histórico de serviços adquiridos e recargas. É o que define o projeto de lei 273/19, da deputada Martha Rocha (PDT), que será votado em primeira discussão pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (06/02).

De acordo com o projeto, essa prestação de contas deverá acontecer por meio físico ou digital, dependendo da preferência do consumidor. Em cada recarga feita, a operadora deverá enviar uma mensagem de SMS ou um e-mail com os valores cobrados por ligações para a mesma operadora, entre operadoras diferentes e interurbanos. “As empresas informam ao consumidor apenas o momento que os créditos acabam, deixando de dar maiores informações sobre como estes foram gastos”, explicou a autora.

Em caso de descumprimento, as empresas estarão sujeitas às sanções do Código de Defesa do Consumidor. A medida precisará ser regulamentada pelo Executivo.

Fonte: Alerj

Crédito da foto: GETTY IMAGES

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Museu da Justiça reabre com exposição sobre epidemias no Rio de Janeiro

A mostra relembra e conta as principais epidemias e desafios da saúde pública na cidade do Rio, desde a época colonial até os dias atuais, a partir de documentos judiciais, dados, fotos, charges e notícias de cada época, elaboradas e pesquisadas pela equipe museológica da Diretoria-Geral de Comunicação e de Difusão do Conhecimento (DGCOM) do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

Comentários estão fechados.