Clássico da literatura americana, “Adoráveis Mulheres” ganha adaptação encantadora para o cinema Uma das apostas para o Oscar 2020, "Adoráveis Mulheres" entra em cartaz em todo o país no dia 9 de janeiro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Larissa Lago / Agência do Rádio Mais

 

Com um grande elenco e história cativante, o filme “Adoráveis Mulheres” chega aos cinemas nesta quinta-feira (9). A trama do longa é baseada no livro de mesmo nome da autora Louisa May Alcott, que foi lançado em 1868 e é considerado um grande clássico da literatura americana.

A história trata sobre o crescimento e amadurecimento das quatro irmãs Meg, Jo, Amy e Beth, entre os anos 1861 e 1865, durante a Guerra Civil Americana. Com a ausência do pai, que partiu para a guerra, as irmãs March e sua mãe precisam trabalhar e cuidar das tarefas de casa, além de tentar provar para todos que conseguem viver do jeito que bem entenderem. E assim como no livro, Jo é a irmã principal no filme, mas as histórias de cada uma se conectam no fim.

O roteiro e direção do filme são de Greta Gerwig, que conseguiu trazer a essência dessa história revolucionária sobre o papel da mulher na sociedade para a telona de forma clara e cativante. O uso exagerado de flashbacks, no entanto, deixa a dinâmica do filme cansativa, com cenas muito longas.

A atuação de Saoirse Ronan, que interpreta Jo, é impecável. A atriz, inclusive, já foi indicada em diversas premiações pelo papel. Laura Dern, Emma Watson, Timothée Chalamet e Meryl Streep também fazem parte desse grande elenco e enchem o filme de vida com suas atuações.

Com romance, muita cor e sentimentos à flor da pele, o longa, assim como o livro, apresenta quatro garotas que são fortes e admiráveis, e levanta questionamentos sobre feminismo, independência e família. Com certeza, é um filme para refletir e inspirar.

Uma das apostas para o Oscar 2020, “Adoráveis Mulheres” entra em cartaz em todo o país no dia 9 de janeiro.

Fonte: Agência do Rádio Mais

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Documentário aborda a pandemia na perspectiva dos trabalhadores da saúde

O filme é fruto da pesquisa Monitoramento da saúde, acesso à EPIs de técnicos de enfermagem, agentes de combate às endemias, enfermeiros, médicos e psicólogos, no município do Rio de Janeiro em tempos de Covid-19, financiada pelo edital Inova Fiocruz, e coordenada por Mariana Nogueira, Leticia Batista e Regimarina Reis.

Comentários estão fechados.